Conecte-se conosco

Geral

Vigilância encontra foco de mosquito da dengue em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Vigilância Epidemiológica, através do Setor de Zoonoses, encontrou larvas do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, no bairro Michel, em Criciúma. O foco foi identificado na armadilha implantada pelo Programa de Combate à Dengue em uma empresa no bairro.

De acordo com a médica veterinária e responsável técnica pelo Setor de Zoonoses da Vigilância Epidemiológica, Natália Reche, já foi iniciado o processo de Delimitação de Foco (DF), em que é traçado um perímetro de 300 metros para todos os lados partindo do foco encontrado.

“Para realizar este trabalho vamos precisar da colaboração dos moradores do bairro. Nossos agentes de endemias irão percorrer casas, empresas e terrenos baldios, vistoriando tudo o que estiver dentro do perímetro estabelecido. Precisamos eliminar possíveis criadouros para evitar que a fêmea que depositou os ovos na armadilha possa colocar em outros locais”, ressalta Natália.

Aedes Aegypti em Criciúma

Só em 2018 já foram encontrados 12 focos do mosquito em armadilhas implantadas no município. Segundo a médica veterinária, o número, maior que dos anos anteriores, foi comum em todo o estado. “Geralmente são mais expressivos em fevereiro e março, mas a combinação de calor e muita chuva, que facilita a proliferação, proporcionou esse aumento”, explica Natália.

Dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) de Santa Catarina apontam que só em 2017, mais de 70% dos focos encontrados foram nas redes de armadilhas implantadas nos municípios. “A armadilha no pneu oferece o ambiente propício onde as fêmeas tendem a colocar seus ovos. Fazemos o acompanhamento vistoriando o local a cada sete dias, durante o período larval, que é quando o ovo eclode, dessa forma, temos tempo de agir antes que se torne um problema”, salienta a médica veterinária.

Geral

Temperatura negativa na região e geada provoca belas imagens no amanhecer

Publicado

em

Ouça esta matéria

A previsão se confirmou e a sexta-feira se tornou o dia mais frio do ano no Sul do Estado. Em Criciúma a mínima foi de -1 grau. As temperaturas negativas se repetiram também em outros cidades da região. Em comunidades próximas da encosta da serra como Nova Veneza, Siderópolis, Treviso, Urussanga e Lauro Müller o frio foi ainda mais intenso.

“As previsões se confirmaram e a temperatura oficial em Criciúma negativou. Tivemos geada em várias cidades. No sábado ainda vai ser frio e vamos ter outra vez chance de geada, só que já será mais isolada. No domingo a temperatura vai gradativamente aumentando e a friaca vai embora. Foi uma onda de frio histórica. Desde de 2000 que não tínhamos nada parecido em Santa Catarina”, explica o meteorologista Piter Scheuer.

A geada desta manhã gerou também belas imagens, como as registradas por Neka Dal Pont, no Santuário do Sagrado Coração Misericordioso de Jesus. Quem acordou cedo para trabalhar também teve que retirar o gelo acumulado sobre o carro antes de sair de casa.

Continue Lendo

Geral

Inovação: Criciúma lança atendimento digital para pacientes com problemas respiratórios

Publicado

em

Ouça esta matéria

Em Criciúma, pessoas com sintomas respiratórios, a partir de segunda-feira (02), passam a receber o primeiro atendimento, via WhatsApp, pela central TeleCovid, da Secretaria Municipal de Saúde, assim como receituários médicos, medidas de isolamento, agendamento de testes, além de encaminhamentos nos casos de urgências.

O objetivo é evitar aglomerações, dar agilidade no atendimento e ampliar consultas eletivas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). “Informatizamos o nosso sistema para garantir mais segurança e conforto aos moradores. Também estamos em busca de dar celeridade nas consultas eletivas nas UBSs”, afirmou o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande.

O teleatendimento funciona de domingo a domingo das 7 às 19h pelo WhatsApp 3445-8400. Para solicitar atendimento, o cidadão precisa encaminhar um “Oi” e responder “Sim” para a opção “A”. Na linha, um enfermeiro dará as orientações e possíveis encaminhamentos.

“Toda a parte do primeiro atendimento de pacientes com problemas respiratórios será feita por ali. Então, a população não precisa se deslocar até os pontos de saúde, somente em urgências”, explicou o secretário.

Locais de atendimento

O Governo de Criciúma possui seis estruturas para testagens de pacientes com sintomas de Covid-19. São elas: as unidades de saúdes da Quarta Linha, Boa Vista, Pinheirinho e Metropol e o Centro Social Urbano (CSU) da Próspera, além do Centro de Triagem, localizado na área central. Para atendimento nos locais, é necessário agendamento prévio pelo TeleCovid. 

As unidades funcionam das 8 às 17h, com exceção do Pinheirinho, que funciona das 8h às 11h30, e o Centro de Triagem, das 8h às 23h, inclusive nos finais de semana.

Continue Lendo

Geral

Servidores de Criciúma têm até sábado para responder ao Censo Previdenciário

Publicado

em

Ouça esta matéria

Servidores públicos efetivos e inativos (aposentados), pensionistas e dependentes, que são vinculados ao Criciumaprev, têm até sábado (31) para responder ao Censo previdenciário 2021. Caso não atualizem os dados, os servidores terão os seus salários de julho retidos. O censo está estabelecido na Lei Complementar Municipal 381/2021, e está disponível no site previdencia.criciuma.sc.gov.br, na sede do Criciúmaprev, no Pátio de Máquinas da prefeitura e no Paço Municipal Marcos Rovaris.

“Só é possível responder no sábado de forma online, ou seja, através do site. De forma física, só é possível responder até o dia 30 de julho”, afirmou o diretor-presidente da CriciumaPrev, Darci Antônio Filho. Até o momento, 1.947 servidores em exercício, 547 aposentados, 1.696 dependentes e 44 pensionistas já atualizaram os seus dados.

Censo Previdenciário

A iniciativa está prevista no artigo 71 da Lei Complementar Municipal 381/2021 e deve ser promovida a cada 5 anos. “A realização é de extrema importância para garantir a perenidade do Criciumaprev, trazendo confiabilidade sobre dados a serem utilizados nas avaliações atuariais, que estabelecem as alíquotas suplementares a serem adimplidas pelo Ente Municipal ao Regime Previdenciário”, explicou a gerente de previdência do Criciumaprev, Ana Carolina Oliveira de Bem Mendes.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com