Conecte-se conosco

Comércio

Cardápio digital cria experiência inovadora em bares e restaurantes

Disponibilizada nas mesas e balcões, tecnologia agiliza o atendimento, reduz custos e aumenta a lucratividade dos estabelecimentos

Publicado

em

Disponibilizada nas mesas e balcões, tecnologia agiliza o atendimento, reduz custos e aumenta a lucratividade dos estabelecimentos

Muitos consumidores já devem ter se deparado, em alguns restaurantes, com um tablet em cima das mesas do OiMenu, startup de cardápios digitais, de Araranguá. Ao inserir essa experiência tecnológica, os negócios do ramo de alimentação fora do lar estão atraindo ainda mais clientes, que aprovam a novidade e se encantam com a praticidade e benefícios do cardápio digital.

Isso porque deixa-se para trás os tradicionais cardápios de papel ou plástico, que em muitos estabelecimentos costumam passar uma má impressão quando sujos, rasgados e/ou engordurados, para abrir espaço para uma tela simples, elegante e que, além de tudo, confere autonomia e praticidade para o cliente.

A autonomia acontece devido ao autoatendimento, em que o cliente não precisa esperar pelo garçom para realizar o pedido. Com o cardápio digital, ele mesmo o realiza, personaliza o prato e, como num passe de mágicas, manda o pedido direto para a cozinha. A experiência fica ainda mais rica quando o cliente percebe que o tempo de espera, entre o pedido e o recebimento do produto solicitado, diminui drasticamente. 

Essa experiência digital coloca o cliente como se ele fosse o seu próprio garçom, o que é uma forma de reduzir a equipe, mantendo-a mais enxuta e sem comprometer o fluxo de trabalho. Importante ressaltar que o OiMenu conta com suporte multilinguagem e a capacidade de gerar relatórios detalhados, em tempo real. 

Fundado com o propósito de modernizar o sistema de pedidos de bares e restaurantes, o cardápio digital do OiMenu, além de tudo, possibilita a personalização dos pedidos, através da inclusão e retirada de ingredientes, tudo feito pelo cliente, que é auxiliado por meio de fotos com alta resolução.

O proprietário do restaurante Ryori Sushi, Guilherme Lanaro, conta que o cliente prefere consumir a culinária japonesa quando pode ver as imagens: “Sem imagens, fica difícil vender essa culinária. Alguns clientes não conhecem os nomes dos pratos e, às vezes, mesmo os que já comeram, não conseguem descrever o produto, de forma correta. Muitas vezes a equipe precisava trazer o produto até a mesa, para que o cliente pudesse visualizá-lo. O OiMenu mudou isso. Agora, o cliente faz o seu pedido e as modificações de sua preferência”, afirma ele.

Conheça alguns benefícios do cardápio digital:

  • Cliente tem autonomia para personalizar seu pedido;
  • Experiência digital e tecnológica para o cliente, num ramo tão tradicional;
  • Chama o garçom, pelo próprio tablet;
  • Visualização dos pratos, através de imagens em alta resolução;
  • Personalização dos pedidos;
  • Menos tempo de espera entre o pedido e o recebimento do prato;
  • Permite review (elogios e críticas), ao fim de cada refeição.

O cardápio digital já faz muito sucesso nos restaurantes de países reconhecidos pela evolução tecnológica, como é o caso dos Estados Unidos e do Japão. É que, por lá, as novidades que otimizam o tempo dos usuários de qualquer tecnologia são muito valorizadas.

O software de autoatendimento proporciona isso, e está chegando com muita força no cenário brasileiro. Aliás, o Brasil é um dos mercados que mais consomem tecnologia, no mundo – e essa é uma ótima maneira de levar um pouco de inovação para um setor tão tradicional, quanto o food service.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comércio

Natal de Gramado é pauta de encontro em Criciúma

Publicado

em

Os criciumenses terão a oportunidade de conhecer a história do Natal de Gramado, como tudo começou e o seu crescimento até chegar à referência para todo país. Iara Sartori, Diretora de Eventos da Gramadotur, autarquia responsável pela realização de vários eventos em Gramado, estará em Criciúma nesta segunda-feira, dia 18 de setembro, para contar o que despertou os gramadenses para a realização desta festa e o impacto que ele provocou em toda região. O papo está marcado para as 19h30min, no Centro de Eventos Germano Rigo.

A ideia de trazer Iara Sartori para Criciúma nasceu de uma viagem feita por um grupo de pessoas, representantes de várias entidades empresariais, em busca de referências para a realização do Natal em Criciúma. “Todos saíram de lá tão motivados que percebemos que seria importante outras pessoas ouvirem a Iara e saber como toda a cidade junta pode fazer um grande Natal”, conta Lúcia Búrigo, uma das participantes da viagem a Gramado. 

Durante o evento desta segunda-feira, um movimento será lançado para envolver entidades, empresas e moradores de Criciúma em torno do Natal. “Queremos que a cidade se envolva, que todos se sintam donos e reponsáveis por fazer um grande evento. Esta é uma semente que estamos plantando em 2017, mas que esperamos colher nos próximos anos também. Mas pensar grande envolve planejar e fazer juntos”, explica Lúcia. O desejo é aproveitar as emoções que envolvem o Natal e criar uma atmosfera de otimismo e trabalho coletivo que se estenda a outras épocas do ano. 

A história de Gramado é a inspiração do movimento. Trinta anos atrás, o município convivia com a migração de seus moradores para as praias a partir de novembro com retorno apenas em fevereiro ou março, quando iniciava o período escolar. De um pequeno movimento, com poucas famílias, iniciou-se um processo de iluminação da cidade na época de Natal e foi o pontapé para o grande evento que se tem hoje, envolvendo toda a cidade e atraindo milhares de turistas.

Continue Lendo

Comércio

Depois de primeiro mês positivo Fort quer ampliar contato com fornecedores regionais

Publicado

em

Empresário João Pereira falou nesta manhã a Rádio Difusora. Ele fez uma avaliação dos primeiros 30 dias de operação do Fort atacadista na região. “Até aqui temos que agradecer os clientes que nos prestigiaram até aqui. Posso também dizer que temos muito a dar. Ainda estamos nos adaptando a praça, conversando com clientes e trabalhando para oferecer cada vez mais a região”, destaca.

Nos próximos dias, destaca Pereira, o Fort vai ampliar o contato com fornecedores da região. Meta é aproveitar a produção local para abastecer o atacarejo. “Nosso interesse é impulsionar a economia e privilegiar os fornecedores regionais. Alguns já nos procuraram, estão tendo retorno e alguns já estão trabalhando conosco. É quase uma obrigação nossa essa relação. Estamos abertos a bons negócios todos os dias”, afirma.

Diretor de marketing da rede, ele também confirma a política de expansão da rede. “Nos próximos dois semestres vamos ativar pelo menos seis novas unidades. Tubarão já temos terreno, em breve vamos anunciar e até maio do ano que vem inaugurar. Este ano temos ainda Chapecó e Porto Belo para inaugurar. Criciúma é uma vontade, uma praça interessante e estamos avaliando”, confirma.

Esta expansão também confirma a confiança do grupo na retomada da economia. Para João Pereira é hora de se preparar para o que virá. “Para a retomada desta economia. Neste ano estamos aplicando 250 milhões em reformas e novas lojas. Ano que vem já será um ano muito melhor que esse. Esse país é gigante, o pior já passou e agora vamos ter a retomada do crescimento”.

Continue Lendo

Comércio

Dia das Mães empolga lojistas da região

Publicado

em

Dia das Mães de 2017 deve fechar com saldo positivo. Em Içara, a CDL trabalha com projeção de crescimento de 8% em comparação ao ano passado. Uma projeção baseada no fluxo intenso de clientes registrado ao longo da semana. “E deve ser ainda maior hoje e no sábado, quando as lojas ficam abertas até as 17 horas”, explica Alexandre Fernandes.

Além do horário diferenciado, a CDL também programou 2,5 mil de prêmios para atrair ainda mais os consumidores. “São cinco vale compras de 500 reais para as mães que passarem pelas nossas lojas”, detalha.

Em Criciúma, lojistas abrem as portas até as 21 horas nesta sexta-feira. Amanhã, comércio funcionando até as 17. Expectativa da CDL, segundo o presidente da CDL Gelson Philippi, expectativa é de crescimento de 3% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2020 sulnoticias.com