DIC esclarece homicídio culposo registrado no fim de semana

Criciúma

Investigadores da DIC esclareceram nesta quinta-feira um homicídio culposo registrado no último sábado, em Criciúma. Eduardo Moreira da Silva, 36, morreu em sua casa, no bairro Santa Luzia. Natural de Alvorada, no Rio Grande do Sul,  ele veio a óbito depois de uma briga com o próprio cunhado.

Segundo apurado pelos investigadores ele teria morrido depois de receber um golpe conhecido como mata leão. O autor do crime fugiu momentos depois, mas atendeu intimação da Polícia, se apresentou e esclareceu os fatos.

O acusado contou que estava na casa da vítima usando cocaína e bebendo na companhia do cunhado e da irmã. Neste momento Eduardo teria tido um surto psicótico. Ele teria se tornado violento e iniciado uma quebradeira generalizada dentro de casa. 

Para tentar conter o cunhado, de quem era amigo e sócio em uma empreiteira, ele teria aplicado um mata leão, mas exagerou na dose e acabou provocando a morte de Eduardo.

A versão de F.V.S.O foi confirmada por sua irmã, esposa da vítima e o caso foi finalizado com indiciamento do autor por homicídio culposo, quando não há intensão de matar.