Conecte-se conosco

Polícia

Imagens da madrugada de crimes e pânico em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma

A maior cidade do Sul de Santa Catarina vivenciou na noite desta segunda-feira e na madrugada de terça a maior e mais violenta ação criminosa de sua história. Uma quadrilha fortemente armada sitiou a cidade, atacou o batalhão da PM, provocou explosões, tiroteios e espalhou pânico e terror entre os moradores. A ação, que durou duas horas, teve como foco os bancos da área central. “Eles atacaram o Banco do Brasil e tentaram também invadir outras agências próximas”, explica o coronel Cristhian Dimitri, comandante do 9º Batalhão de Criciúma.

A ação iniciou pouco antes da meia noite quando os criminosos incendiaram um caminhão em frente a sede do 9º Batalhão. A sede da PM também foi atacada a tiros. Para evitar que reforços fossem enviados da região de Tubarão, os bandidos também atearam fogo em um veículo na BR-101, nas proximidades do túnel do Morro do Formigão.

A partir dai a cidade passou a viver a madrugada mais intensa e assustadora de toda a sua história. A Polícia não tem o número exato de assaltantes, mas estima-se que mais de 30 homens tenham atuado no roubo. “Essa ação é chamada de novo cangaço. Eles chegam dominam a cidade e realizam os assaltos”, explica o comandante da PM. Com armas de grosso calibre os criminosos passaram a impor o pânico entre os moradores. Rajadas de tiros e explosões foram ouvidas em vários bairros da área central por pelo menos duas horas.

Os criminosos atacaram a agência do Banco do Brasil e também teriam tentado a mesma ação em outras agências vizinhas. Um Polícia Militar e um vigilante foram feridos na ação. trabalhadores que atuavam na pintura de faixas no centro da cidade foram feitos reféns e colocados sentados sobre a rua para evitar a aproximação de policiais. Por volta das 2 hora da manhã, em comboio, os criminosos deixaram a cidade. Desde então a polícia segue trabalhando em busca de pistas que possam ajudar a identificar o localizar os criminosos.

Pouco depois da ação, populares foram as ruas para recolher o dinheiro que ficou espalhado pelo centro da cidade. Pelo menos quatro teriam sido detidos pela Polícia.

A ação colocou a cidade em destaque na imprensa nacional e até internacional. Em entrevista a Globo News o prefeito Clésio Salvaro elogiou o trabalho das forças de segurança, relatou a perplexidade e reforçou o pedido para que a população permanecesse em casa. Pelas redes sociais as imagens da noite de terror vivida e compartilhada pelos criciumenses.

Nesta manhã equipes do Bope estão fazendo uma varredura na área central da cidade. A informação é de que ainda há explosivos espalhados pela região

Confira:

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Condenação de 46 anos de reclusão para trio envolvido em roubos de veículos e pedestres

Publicado

em

Ouça esta matéria

Em dois processos criminais, três homens tiveram sentenciadas a soma total de 46 anos de reclusão por roubos em Criciúma. As penas deverão ser cumpridas em regime inicial fechado.

Uma dupla (24 e 21 anos) teve definida sua condenação por dois roubos de veículos e corrupção de menores em 11 anos, 1 mês e 10 dias de reclusão para cada integrante. Os crimes ocorreram nos bairros Jardim Maristela e Brasília. Eles foram capturados pela Polícia Civil com prisões preventivas, permanecendo segregados para o cumprimento da decisão judicial.

O terceiro homem (24 anos) teve sua pena definida em 24 anos, 2 meses e 10 dias de reclusão por dois crimes de roubos no bairro Jardim Maristela e Santa Bárbara. Foi capturado no Estado do Rio Grande do Sul, após representação pela prisão promovida pela Polícia Civil de Criciúma. Atualmente está recolhido na Penitenciária gaúcha e aguarda julgamento de outros processos criminais.

As investigações foram realizadas pela Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC-PCSC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi. As sentenças proferidas pela 2ª Vara Criminal de Criciúma, com atuações da 2ª e 10ª Promotoria de Justiça na acusação.

Continue Lendo

Polícia

Preso em São Paulo suspeito de assalto ao Banco do Brasil

Publicado

em

Ouça esta matéria

Policiais da Deic de São Paulo prenderam na cidade de Limeira um homem acusado de participação no assalto ao Bando do Brasil de Criciúma. O crime realizado na noite do dia 30 de novembro é considerado o maior assalto a banco da história de Santa Catarina. Segundo a Polícia o homem também teria envolvimento no assalto a carros fortes no aeroporto Quero-Quero em Blumenau.

Davi Marques dos Santos tem 45 anos. Ele estava foragido desde 2014 e é acusado de envolvimento em vários assaltos no Brasil e também em países vizinhos. O homem que figurava na lista dos bandidos mais procurados do Brasil também é apontado como um dos criadores do “novo cangaço”, modelo de ação registrado em Criciúma. Para a polícia paulista ele tem participação no crime de Criciúma, mas os investigadores catarinenses ainda dizem que é cedo para afirmar isso.

O assalto ao Banco do Brasil de Criciúma mobilizou pelo menos 30 criminosos. Eles sitiaram a cidade e fugiram levando mais de 100 milhões de reais

Continue Lendo

Polícia

Homem morre ao cair do telhado em Jaguaruna

Publicado

em

Ouça esta matéria

Um homem de 42 anos morreu nesta tarde de quarta-feira ao cair do telhado. No momento do acidente ele fazia a instalação de internet na residência. Durante o trabalho ele perdeu o equilíbrio e caiu. Segundo os bombeiros a vítima usava cinto de segurança, mas o equipamento não estava ancorado corretamente.

Quando os socorristas chegaram ao local, na comunidade de Olho D´água, já encontraram o homem sem os sinais vitais. Os profissionais ainda tentaram reanimar a vítima, mas ela não resistiu. Profissionais da Celesc auxiliaram no trabalho fazendo o desligamento da rede elétrica no local.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com