Conecte-se conosco

Polícia

Imagens da madrugada de crimes e pânico em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma

A maior cidade do Sul de Santa Catarina vivenciou na noite desta segunda-feira e na madrugada de terça a maior e mais violenta ação criminosa de sua história. Uma quadrilha fortemente armada sitiou a cidade, atacou o batalhão da PM, provocou explosões, tiroteios e espalhou pânico e terror entre os moradores. A ação, que durou duas horas, teve como foco os bancos da área central. “Eles atacaram o Banco do Brasil e tentaram também invadir outras agências próximas”, explica o coronel Cristhian Dimitri, comandante do 9º Batalhão de Criciúma.

A ação iniciou pouco antes da meia noite quando os criminosos incendiaram um caminhão em frente a sede do 9º Batalhão. A sede da PM também foi atacada a tiros. Para evitar que reforços fossem enviados da região de Tubarão, os bandidos também atearam fogo em um veículo na BR-101, nas proximidades do túnel do Morro do Formigão.

A partir dai a cidade passou a viver a madrugada mais intensa e assustadora de toda a sua história. A Polícia não tem o número exato de assaltantes, mas estima-se que mais de 30 homens tenham atuado no roubo. “Essa ação é chamada de novo cangaço. Eles chegam dominam a cidade e realizam os assaltos”, explica o comandante da PM. Com armas de grosso calibre os criminosos passaram a impor o pânico entre os moradores. Rajadas de tiros e explosões foram ouvidas em vários bairros da área central por pelo menos duas horas.

Os criminosos atacaram a agência do Banco do Brasil e também teriam tentado a mesma ação em outras agências vizinhas. Um Polícia Militar e um vigilante foram feridos na ação. trabalhadores que atuavam na pintura de faixas no centro da cidade foram feitos reféns e colocados sentados sobre a rua para evitar a aproximação de policiais. Por volta das 2 hora da manhã, em comboio, os criminosos deixaram a cidade. Desde então a polícia segue trabalhando em busca de pistas que possam ajudar a identificar o localizar os criminosos.

Pouco depois da ação, populares foram as ruas para recolher o dinheiro que ficou espalhado pelo centro da cidade. Pelo menos quatro teriam sido detidos pela Polícia.

A ação colocou a cidade em destaque na imprensa nacional e até internacional. Em entrevista a Globo News o prefeito Clésio Salvaro elogiou o trabalho das forças de segurança, relatou a perplexidade e reforçou o pedido para que a população permanecesse em casa. Pelas redes sociais as imagens da noite de terror vivida e compartilhada pelos criciumenses.

Nesta manhã equipes do Bope estão fazendo uma varredura na área central da cidade. A informação é de que ainda há explosivos espalhados pela região

Confira:

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Dois são presos acusados de envolvimento no duplo homicídio de Araranguá

Publicado

em

Ouça esta matéria

Nesta quinta-feira (12), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá, e a Polícia Militar deram cumprimento a mandados de prisão de dois homens suspeitos pela morte de duas jovens encontradas no Rio Araranguá, no dia 5 de janeiro de 2022.  Os crimes teriam ocorrido na madrugada do dia 3 de janeiro. Conforme apurado pela Polícia Civil, as vítimas foram retiradas da residência onde moravam juntas, amordaçadas, mortas e jogadas no rio. 

Os mandados de prisão foram cumpridos nesta quinta-feira (12) no interior do município de Turvo e em Araranguá. Os homens presos foram ouvidos e encaminhados ao presídio Regional de Araranguá. As investigações continuam na busca de mais elementos para instruir o inquérito. A ação contou com o apoio também da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Araranguá e do Serviço Aeropolicial (SAER/PCSC).

Continue Lendo

Polícia

Gabinete de Gestão Integrada Municipal discute segurança de Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

A segurança pública de Criciúma foi tema de uma reunião entre integrantes do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) na manhã desta terça-feira (10), no Paço Municipal Marcos Rovaris. As forças de segurança, além da sociedade civil organizada, foram acionadas pelo prefeito Clésio Salvaro, que é também presidente do GGIM, com o objetivo de discutir melhorias para a segurança do município, por meio de ações integradas.

“Apesar de registros recentes de crimes em nossa cidade, que geram preocupação da população, reforçamos a importância das nossas forças de segurança que, por sua atuação, tornam Criciúma uma das cidades mais seguras de Santa Catarina. Mas sempre podemos fazer mais, por isso ações integradas serão implementadas”, reforçou o prefeito Clésio Salvaro.

Durante o encontro, o coordenador do GGIM e diretor da Defesa Civil de Criciúma, Fred Gomes, reforçou a dedicação do Município em buscar respostas às reivindicações. “Entendemos a demanda das forças de segurança, entre elas a questão do efetivo. Situação que não é de responsabilidade direta do Município, mas que tem nosso total apoio, por isso, vamos trabalhar junto ao Estado, além de buscar o apoio dos deputados estaduais e federais, para encontrar soluções”, destacou.

Na reunião, foram deliberadas algumas ações integradas, que devem ser implementadas nos próximos dias. “Já temos realizado um trabalho conjunto e que dá resultados, mas temos muitos pontos a melhorar, como a questão do efetivo, que é uma dificuldade em muitas instituições. Por isso vamos levar a situação ao Governo do Estado, em uma carta assinada por todas as instituições representativas do nosso Município”, completou o prefeito.

Participaram da reunião: Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Científica, Departamento de Administração Socioeducativo (DEASE), Corpo de Bombeiros Militar, Exército, Polícia Penal, Cruz Vermelha, Defesa Civil, Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, Coordenadoria Municipal dos Conselhos, Diretoria de Trânsito e Transportes (DTT), Câmara de Vereadores, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Fucri/Unesc, Somarsul, Afasc, OAB Subseção Criciúma.

Continue Lendo

Polícia

Homem de 66 anos é assassinado a tiros enquanto passeava com cachorro em Cocal

Publicado

em

Ouça esta matéria

Um homem de 66 anos foi assassinado na manhã desta terça-feira, em Cocal do Sul. Agenor Furlan caminhava pelo bairro Cristo Rei com seus cachorros quando um homem de moto se aproximou. Segundo uma testemunha ele chegou gritando “perdeu, perdeu” e em seguida efetuou pelo menos três disparos.

Após os tiros o criminoso fugiu em direção ao interior do bairro e não foi localizado. Socorristas chegaram a ser acionados, mas Agenor já estava sem vida. Agora a Polícia segue em busca de pistas para tentar identificar o autor dos disparos e também a motivação para o crime.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2023 sulnoticias.com