Conecte-se conosco

Polícia

Trocado na maternidade, homem será indenizado em 80 mil

Publicado

em

Ouça esta matéria

Um homem de 43 anos será indenizado em R$ 80 mil por ter sido trocado na maternidade por outra criança. Após ouvir muitos comentários sobre sua semelhança física com outras pessoas de família diversa, submeteu-se ao exame de DNA aos 40 anos, a fim de esclarecer sua origem biológica, oportunidade em que foi atestada a compatibilidade genética materna e foi comprovada a troca dos bebês na maternidade. A decisão é da 2ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Criciúma.

Segundo os autos, os pais do autor da ação o receberam como filho biológico em novembro de 1978 no Hospital Santo Antônio, de Armazém. Porém, após anos de desconfiança por diversos comentários sobre sua aparência, através do exame de DNA ficou comprovado que era filho biológico de outra mãe, “restando evidenciado, assim, a falha nos procedimentos de segurança adotados pelo nosocômio (hospital) réu, o que acarretou na troca dos recém-nascidos”. 

Em depoimento, três técnicas de enfermagem que atuavam no hospital à época frisaram as medidas de segurança e pronta identificação dos recém nascidos, no entanto, segundo a  sentença, “o certo é que o procedimento, no caso dos autos, não foi suficiente, restando evidente que a troca decorreu do ato falho e negligente do hospital que deixou de fiscalizar de maneira eficaz e segura a estadia dos bebês, garantindo que seriam entregues às respectivas mães”.  

O homem informou que possuía um certo contato com a família biológica, por serem residentes do mesmo município, mas seus laços somente foram estreitados após descobrirem o parentesco após o teste genético. “Embora não se negue que os laços familiares se constroem com base no sentimento de afeição e que a relação é construída pela convivência e não pelo mero vínculo genético, é inegável que a falha na prestação do serviço não pode ser tida como um simples dissabor da vida cotidiana, na medida em que a conduta negligente do estabelecimento de saúde privou o autor do convívio com sua família de origem, lesionando gravemente seu direito de personalidade”.

O hospital e o município foram condenados, de forma solidária, ao pagamento de indenização pelos danos morais suportados pelo autor, no valor de R$ 80 mil, acrescidos de correção e juros. Cabe recurso da decisão ao TJSC

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia

Caminhoneiro morre em grave acidente no trecho Sul da 101

Publicado

em

Ouça esta matéria

Um homem de 51 anos morreu em um grave acidente registrado nesta manhã de quinta-feira no Trecho Sul da BR-101. A colisão foi registrada em Santa Rosa do Sul e deixou um passageiro de 26 anos gravemente ferido. A vítima foi levada ao Hospital pelo Serviço Aeromédico em Estado grave.

A vítima conduzia um caminhão com placas de Meleiro e bateu na traseira de uma carreta. O condutor do outro caminhão relatou que precisou reduzir a velocidade por conta da presença de manifestantes na pista. O veículo que vinha atrás não conseguiu frear e acabou batendo. Preso as ferragens o caminhoneiro não resistiu e morreu no local.

Continue Lendo

Polícia

Apoiadores de Bolsonaro bloqueiam rodovias em Santa Catarina

Publicado

em

Ouça esta matéria

O resultado negativo para Jair Bolsonaro revoltou parte dos apoiadores do atual presidente. Muitos deles foram às ruas e fecharam rodovias em Santa Catarina. As manifestações se repetem em vários pontos do Brasil.

Na região há bloqueios em Tubarão, Içara e Maracajá e Santa Rosa do Sul. Segundo a PRF, que acompanha as manifestações, os bloqueios ocorrem todos os sentidos da rodovia.

Confira a lista de pontos de interdição nas rodovias federais do Estado.

Foto – Manifestação em Tubarão/ Janniter de Cordes

Continue Lendo

Polícia

Criciumense morre em acidente na Itália

Publicado

em

Ouça esta matéria

Um criciumense de 45 anos morreu em acidente de trânsito registrado na cidade de Caprino Veronese, na região do Veneto, na Itália. Adriano Colombo, que era natural do Rio Maina, realizava um passeio de moto neste sábado quando o acidente ocorreu. Segundo informações da imprensa italiana, ele teria perdido o controle da moto e colidido contra uma cerca.

Adriano morava na Itália havia seis anos. Ele era casado e deixa esposa, dois filhos e um neto. A cerimônia de Cremação de Adriano deve ser realizada na quarta-feira, na Itália e as cinzas serão enviadas para Criciúma.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2022 sulnoticias.com