Conecte-se conosco

Política

Aplicativos aproximam eleitores a candidatos e políticos

Para conhecer todos os candidatos e candidatas, a propaganda eleitoral, inclusive na internet, está liberada a partir do dia 27 de setembro. De olho neste calendário, partidos políticos e seus candidatos começam a articular as suas estratégias políticas de comunicação e marketing, aumentado a demanda por aplicativos.

Publicado

em

Ouça esta matéria

Florianópolis, 16 de setembro de 2020 – A Pandemia do novo coronavírus levou o Congresso a alterar as datas das eleições em 2020, inicialmente programada para outubro. O primeiro turno será realizado no dia 15 de novembro e o segundo, dia 29 de novembro. São esperados mais 147,9 milhões de eleitores nas urnas para escolher 5.568 prefeitos, 5.568 vice-prefeitos e 57.942 vereadores em todo o Brasil, segundo informações da Corregedoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

E para conhecer todos os candidatos e candidatas, a propaganda eleitoral, inclusive na internet, está liberada a partir do dia 27 de setembro. De olho neste calendário, partidos políticos e seus candidatos começam a articular as suas estratégias políticas de comunicação e marketing, aumentado a demanda por aplicativos.

De acordo com a pesquisa da Hootsuite com a We Are Social, os brasileiros passam 4 horas e 45 minutos por dia na internet em seus dispositivos móveis. Segundo dados da Adjust, o Brasil é o segundo país que mais cresce em desenvolvimento de aplicativos no mundo. Além disso, 17% dos 23,8 milhões de autônomos do país declararam os aplicativos como principal fonte de renda e 95% dos usuários da internet utilizam aplicativos para se comunicar. 

Ferramenta para transparência e combate à corrupção

Para o CEO da Hugheir Innovations, Augusto Hughes, o objetivo do aplicativo é ser uma solução para aproximar eleitores aos políticos que ganharam o seu voto, além de ser uma forma de aumentar a transparência e fortalecer a democracia, por meio da participação cidadã. “Os aplicativos são uma oportunidade para o político conversar com o seu eleitor, seja por meio de enquetes, para os mesmos votarem naquilo que julgam ser mais urgente, bem como os próprios eleitores darem sugestões de projetos ou até relatarem problemas em sua região. Podem também acompanhar a agenda do político, conferir os projetos de lei propostos, além da execução de projetos aprovados”, sugere Hughes.

E quais são as funcionalidades de um aplicativo de marketing político? Segundo Hughes, o próprio político pode definir, no entanto algumas funcionalidades são mais comuns, como enquetes, biografia do político, espaço para sugestão, agenda política, agendamento de reunião com o político, espaço para críticas, informações sobre projetos de lei, e projetos aprovados do político. “O político poderá mostrar os custos que tem e para onde está sendo destinada a verba arrecadada por meio dos nossos impostos, aumentando a transparência e sendo mais uma forma de fiscalizar e combater a corrupção”, avalia Hughes.

Sobre a Hugheir Innovations

Sediada em Florianópolis (SC) a Hugheir Innovations é uma empresa criada pelo empreendedor brasiliense Augusto Hughes. Há três anos no mercado, escolheu

a capital de Santa Catarina devido ao seu ecossistema de inovação: também conhecida como o Vale do Silício da América Latina, é a região onde se concentra grande parte dessas empresas inovadoras e tecnológicas, tendo 5,6% de sua economia ligada à tecnologia. Empresário no segmento de comércio exterior, construção civil, entretenimento, esporte, economia, finanças, e agora, na área de tecnologia. 

O propósito da Hugheir Innovations é apoiar as comunidades, fortalecendo a economia circular, mostrando às pessoas, principalmente às mais vulneráveis, que é possível empreender e ganhar dinheiro com as novas tecnologias e economias. A Hugheir Innovations é signatária do Movimento ODS Santa Catarina e compromete-se com o alcance da Agenda 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, uma agenda global assinada por 193 países signatários da Organização das Nações Unidas (ONU), incluindo o Brasil, para a redução da pobreza, o equilíbrio ambiental e o desenvolvimento econômico sustentável.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PSB anuncia Fábrio Brezola com pré-candidato à Alesc em 22

Publicado

em

Ouça esta matéria

Com a saída de Cleiton Salvaro do partido o PSB tratou logo de preencher o espaço. Em nota encaminhada a Imprensa o PSB anunciou o nome do empresário e ex-candidato a prefeito de Criciúma Fábrio Brezola como nome para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado pela região Sul de Santa Catarina.

Lançamento oficial da pré-candidatura foi realizado nesta quinta-feira e a partir de agora o partido pretende começar a trabalhar o nome de Brezola como alternativa e referência de renovação para a representatividade da região no parlamento Catarinense.

Continue Lendo

Política

Aroldinho Frigo é um dos novos nomes do PSDB para uma cadeira na Alesc

Publicado

em

Ouça esta matéria

O vereador neoveneziano Aroldo Frigo Júnior, mais conhecido como Aroldinho, do PSDB, colocou o nome à disposição do partido para concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa nas eleições de 2022. O parlamentar, que está no seu terceiro mandato como vereador em Nova Veneza, já está trabalhando internamente a questão. É formado em Administração de Empresas com habilitação em Comércio Exterior e em Direito pela Universidade do Extremo Sul Catarinense. Nas últimas eleições municipais foi mais uma vez o vereador mais votado. Na última semana, o vereador reuniu lideranças tucanas neovenezianas para buscar apoio da sigla. Novas reuniões regionais devem ser marcadas para fortalecer o seu nome para concorrer a vaga.

A convicção vem do fato de seu projeto político que começa a ser desenhado com traços mais acentuados vir recebendo adesões importantes tanto na cidade onde tem seu domicílio eleitoral como do prefeito Rogério Frigo e vereadores, de colegas de vereança de outras cidades, além de lideranças de outras siglas, entidades voltadas a cultura italiana.

“Pelo amor que tenho por trabalhar em prol do cidadão. Durante esses anos venho adquirindo experiência e quero fazer mais pela região Sul. Não precisamos ter partidos novos e sim, pessoas novas que buscam um novo espaço. Chegou o momento do PSDB oxigenar, renovar e estou preparado para enfrentar esse desafio como pré-candidato a deputado estadual e se eleito, representar o Sul Catarina na Alesc. Sou jovem com vontade, garra e determinação”, pontua Aroldinho. 

O pré-candidato também tem importante serviço dedicado às áreas culturais e econômicas da cidade. Entre as ações como vereador que abrange regionalmente, a conquista de abrir o Cartório de Registro de Imóveis para atender os municípios de Nova Veneza, Siderópolis e Treviso, beneficiando a população que necessita dos serviços. Outra ação é a busca por eficiência energética e a primeira estação de recarga de carros elétricos e híbridos em parceria com o setor público privado. 

Aroldinho destaca também a importância de ouvir os vereadores sobre a demanda municipalista. “Se tiver a oportunidade de ocupar uma cadeira na Assembleia quero ser municipalista, estar mais próximo da população e, em especial, dar atenção aos vereadores. Eles são os porta-vozes das cidades”, afirma.

Continue Lendo

Política

No PSDB, Cleiton Salvaro mira vaga na Alesc em 2022

Publicado

em

Ouça esta matéria

O Suplente de Deputado Cleiton Salvaro assinou ficha nesta terça-feira no PSDB, mesmo partido onde já estão os primos Clésio e Franqui Salvaro, prefeitos de Criciúma e Siderópolis respectivamente. Agora no ninho Tucano, Cleiton quer fortalecer o nome e tentar garantir a indicação do seu nome para disputa de uma vaga na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

“Fico muito grato pela maneira como o PSDB me recebeu. Agora vou trabalhar, procurar meu espaço e mostrar que tenho condições de representar o partido no processo eleitoral para voltar a representar a região na Alesc”, avisa.

“E estamos muito satisfeitos com a chegada do Cleiton”, comemora a presidente do PSDB Geovania de Sá, acrescentando que a sigla sempre terá espaço para pessoas trabalhadoras e realmente comprometidas com o desenvolvimento de Santa Catarina.

Em 2014, fundou o Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Criciúma e, naquele mesmo ano, concorreu a uma das vagas de deputado estadual para a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (ALESC). Foi eleito com 14.986 votos para a 18ª Legislatura (2015-2019).

Durante o mandato, liderou a bancada do Bloco Frente Renovação e foi vice-presidente da Frente Parlamentar das Micro e Pequenas Empresas. Propôs e coordenou a implantação da Frente Parlamentar pelo Desenvolvimento da Mesorregião Sul Catarinense.

“Eu deixei o PSB porque o partido está se aproximando demais da esquerda e meus ideais são de centro direita, muito mais próximos do PSDB”, justifica Cleiton.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com