Conecte-se conosco

Política

Aprovado prosseguimento de segundo processo contra Moisés

Publicado

em

Florianópolis

A Comissão especial do Impeachment da Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou a continuidade do segundo processo contra o Governador Carlos Moisés. A novidade na sessão desta terça-feira foi a exclusão do nome da vice Daniela Reinehr (sem partido). Com isso a investigação neste caso será mantida apenas contra o Governador. Esse segundo processo de impeachment apura possíveis irregularidades na compra de respiradores junto a Veigamed. Os respiradores, que custaram 33 milhões de reais, foram pagos de maneira antecipada, mas nunca chegaram ao Estado.

“Ao examinar o material produzido, ao meu entendimento, existe lastro probatório em toda a documentação, assim como no relatório final apresentado por esta comissão. As condutas comissivas e omissivas dos denunciados foram devidamente tipificadas. Se houve conduta comissiva, ou seja, houve intenção de cometer a irregularidade; se houve conduta omissiva, ou seja, não foram tomadas atitudes que evitassem as irregularidades; é sim, um motivo de muita tristeza”, destacou a deputada Ada de Lucca ao justificar o seu voto.

Agora o relatório vai para votação em plenário. Se for aprovado pelos 40 deputados o processo vai para a Comissão de Julgamento, formada por cinco deputados e cinco desembargadores.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Pesquisa mostra Salvaro com 64.6% dos votos

Publicado

em

Criciúma

Uma pesquisa encomendada pela NSC junto ao instituto Paraná para avaliar o cenário eleitoral em Criciúma mostra o atual prefeito Clésio Salvaro com uma vantagem tranquila sobre os seus oponentes. Registrada sob número SC-08873/2020, a pesquisa ouviu 610 eleitores entre os dias 15 e 17 de outubro. A pesquisa foi feita por telefone devido a Covid-19 e a margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

Segundo os dados divulgados hoje Clésio Salvaro (PSDB) aparece na frente, com 64,6% das intenções de voto. Aníbal Dário (MDB) teve 5,7% das intenções de voto; Júlia Zanatta (PL), 4,1%; Cosme Manique Barreto (Podemos), 3,8%; Chico Balthazar (PT), 3,6%; Rodrigo Minotto (PDT), 2,8%; e Ederson da Silva (PSTU), 0,7%. Entre os candidatos com maior rejeição destaque para Júlia Zanatta (PL), com 34,9%, e Chico Balthazar (PT), com 34,8%.

O instituto também questionou sobre a aprovação dos governos Bolsonaro e Moisés entre os eleitores da cidade. Segundo o instituto, Bolsonaro tem 49,1% de aprovação e Moisés 16,5%.

Continue Lendo

Política

Semana decisiva para o Governador Carlos Moisés

Publicado

em

Florianópolis

Semana começa com expectativa de definições para o futuro do Governador Carlos Moisés e para a política catarinense. Na sexta-feira o Tribunal de Julgamento, formado por Desembargadores e deputados Estaduais, pode definir pelo afastamento do Governador e da Vice. Se isso acontecer o comando do Estado ficará nas mãos do deputado Júlio Garcia (PSD), presidente da Alesc. A sessão do Tribunal de Julgamento está programada para às 9 horas. A expectativa é que o caso seja definido neste dia 23, mas a decisão pode ser protelada caso um dos integrantes peça vistas para avaliar melhor todo o processo.

O Governador Carlos Moisés disse neste fim de semana que acredita ter os votos necessários para garantir o arquivamento do processo. “Que não tem justa causa e a sociedade já sabe. Acredito que com muita seriedade os votos serão dados para arquivar o processo. Porque o Governo precisa trabalhar e fazer o que fez neste dois anos. Esses movimentos tiram a nossa energia. Esse é um processo injusto, descabido e que não deveria ter existido”, ressaltou Moisés.

Antes do julgamento de sexta-feira o Governador enfrenta um novo embate na Alesc. Os deputados vão a plenário para definir se o processo de impeachment que trata da compra dos respiradores prossegue ou se ele será arquivado.

Continue Lendo

Política

Aneel dá aval para contrato entre Cooperaliança e Copel

Publicado

em

Içara

A Agência Nacional de Energia Elétrica deu o sinal verde para que a Cooperaliança assine o contrato com a Copel para compra de energia. O contrato prevê o início da parceria para 2021 e é fundamental para que a Cooperaliança consiga se manter competitiva no mercado. Pelo contrato encaminhado no leilão realizado pela Cooperaliança a energia fornecida pela empresa vai seguir mais barata que a da Celesc mesmo com o fim do subsídio.

“Isso é fundamental para que a cidade continue atrativa para novas empresas e para que o consumidor continue pagando o preço mais justo possível. Esse contrato no mercado livre permite que a Cooperativa continue tendo seu papel fundamental, decisivo no crescimento de Içara e do Balneário Rincão”, ressalta o Presidente Reginaldo de Jesus

Primeira no Estado a realizar um leilão a Cooperaliança se tornou referência para outras cooperativas de Santa Catarina que acabaram usando o modelo adotado em Içara para seus leilões. Isso aconteceu recentemente em Braço do Norte e agora na cooperativa de São Ludgero.

Continue Lendo

Mais vistos