Conecte-se conosco

Política

Cermoful debate novos investimentos em assembleia online

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Cooperativa Fumacense de Eletricidade (Cermoful) realiza nesta sexta-feira (10), uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE), em formato digital, a partir das 19h. A convocação se deu diante da necessidade de apresentar aos associados todas as informações técnicas necessárias para a discussão e aprovação dos investimentos a serem realizados pela Cermoful.

A construção de uma nova subestação para garantir o fornecimento de energia elétrica de qualidade e em quantidade suficiente para atender a demanda regional, está entre as principais pautas da assembleia que foi organizada de forma virtual para permitir que todos os associados pudessem participar e votar, sem correrem os riscos de contaminação do Coronavírus.

De acordo com o presidente Rudy Recco, o objetivo da construção de uma nova subestação é fazer com que a Cermoful siga prestando serviços de excelência. Segundo ele, a previsão da chegada de novas áreas industriais na área de abrangência da cooperativa apresenta a necessidade de ampliação do fornecimento de energia, que é o combustível que move o desenvolvimento. “Nossos técnicos apontam que existe a necessidade de oferecer mais energia, tanto residencial, quanto industrial. Então a nossa proposta é construir uma nova subestação e duplicar a capacidade de oferta, garantindo assim o desenvolvimento da nossa região”, explicou Recco.

O gerente de distribuição da Cermoful, Samuel Sartor, explica que além da chegada de novas áreas, é preciso levar em consideração o aumento do número equipamentos eletroeletrônicos usados nas casas. “Devem entrar em operação em breve três áreas no município de Morro da Fumaça, duas em Urussanga e duas em Cocal do Sul. Além disso, está em andamento a expansão do corredor industrial em Criciúma e Içara, ao longo das margens do anel viário. Isso sem levar em conta o aumento no número de equipamentos utilizados nas residências que precisam de energia”, afirma.

As boas práticas de gestão na Cermoful garantem a capacidade de realizar o investimento, fazendo frente à demanda regional. “Parte dos investimentos será de recursos próprios, fruto de um grande trabalho de toda a diretoria, em conjunto com os funcionários da cooperativa, que colocaram as contas em dia. A outra nós vamos buscar através de um financiamento junto ao BRDE”, explicou o presidente Rudy Recco.

Respeito ao Estatuto e à saúde pública

Com a realização da Assembleia virtual, a Cermoful cumpre as determinações que estão previstas no Estatuto, permitindo que todos os investimentos a serem realizados sejam ser discutidos e aprovados entre os associados. Mais de 16 mil associados estão aptos a participar da discussão e da votação das matérias. A decisão se deu em função das recomendações e exigências da saúde pública, em função da pandemia da Covid-19. Todas as informações sobre a assembleia e como participar estão no site www.cermoful.coop.br/assembleiadigital.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Vereadores aprovam programa que garante reforma em moradias de baixa renda

Publicado

em

Ouça esta matéria

O Projeto “João de Barro” de autoria do Poder Executivo para o auxílio à reforma de moradias, às famílias de baixa renda no município de Içara foi aprovado em votação final pela Câmara Municipal, na última terça-feira, dia 21. A matéria tem por objetivo a concessão de materiais de construção ou recursos financeiros para aquisição de materiais, visando reforma ou ampliação de moradias, quando não localizadas em áreas de risco ou de proteção ambiental, e no auxílio ao transporte de casa para colocação dentro da jurisdição do município.

O projeto será desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social, Habitação Trabalho e Renda, por meio de dotação orçamentária própria, doações, convênios com entidades governamentais ou instituições. O município concederá os materiais de construção necessários no valor limite de até três salários mínimos para cada família contemplada, com exceção de um sinistro (incêndio, vendaval, etc), hipótese que os valores a repassar poderão ser maiores, de acordo com a necessidade, com base em laudo técnico. Ficando a mão-de-obra de responsabilidade do beneficiário.

Para se habilitarem como beneficiárias as pessoas deverão realizar cadastro junto à secretaria responsável, e comprovar dos seguintes requisitos. Residir no município há pelo menos dois anos; possuir renda familiar de até três salários mínimos; não ser proprietário de outro imóvel e ser inscrito no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). A concessão do benefício dependerá de análise e parecer técnico social a ser efetuado pela Secretaria de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda do Município. Terão prioridade ao benefício, famílias com crianças, idosos ou pessoas com deficiência devidamente comprovada com laudo médico. O Projeto “João de Barro” vigorará a partir de 2022, devendo constar no Plano Plurianual e demais instrumentos de planejamento da Administração.

Continue Lendo

Política

Câmara de Criciúma e Alesc assinam Termo de Cooperação Técnica

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Câmara de Vereadores de Criciúma e a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) assinaram nesta quarta-feira, dia 22, o Termo de Cooperação Técnica da ALESC para a implantação de programas de capacitação dos membros e servidores dos parlamentos.

O objetivo do acordo é estabelecer parceria entre Assembleia Legislativa de Santa Catarina e Câmara Municipal de Criciúma visando unir esforços também para realização de eventos voltados à promoção de políticas públicas de interesse da sociedade geral. “Ficamos felizes com esse acordo que irá trazer, por meio da Escola do Legislativo, cursos muito bacanas pros servidores e sem custo para o município”, destacou Giovana Mondardo.

A visita reuniu os presidentes das Escolas do Legislativo de Criciúma, Lages, Florianópolis, Tubarão, região de Jaraguá do Sul, onde os programas também serão executados.

Continue Lendo

Política

PPA é aprovado na Câmara e será base para os próximos quatro anos

Publicado

em

Ouça esta matéria

O Plano Plurianual é o conjunto de diretrizes, objetivos e metas que a administração pública tem durante um período. O novo documento para os próximos quatro anos foi aprovado pelos vereadores de Nova Veneza na última reunião, 21. No PPA, além de  propostas de melhorias e necessidades, estão descritos os valores que serão investidos em cada área e projeto ao longo do período vigente. 

Após análise dos vereadores e dos técnicos da casa legislativa, o plano foi aprovado por unanimidade. “Foi debatido na casa com bastante critério cada item proposto no plano. Agora estamos analisando a LDO que trata especificamente das diretrizes orçamentárias para o próximo ano. É importante que a população acompanhe esse assunto, pois essas decisões têm impacto na vida de cada munícipe”, avaliou o presidente Evandro Gava.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com