Conecte-se conosco

Política

Cocal do Sul: há 31 anos escrevendo sua própria história

Publicado

em

Ouça esta matéria

Há 31 anos, o dia 26 de setembro passou a ser uma data significativa para os sul-cocalenses, pois representa o aniversário de emancipação do município de Cocal do Sul. Como um livro com páginas em branco, o município começava a escrever sua própria história, agora independente e com a força de um povo forte e trabalhador.

E para celebrar este momento tão especial de aniversário da cidade, o governo do município irá promover no dia 26 (feriado municipal), dentro da programação da IX Cocalfest, uma série de ações para comemorar.

“Esta é uma data muito especial, por mais de 100 anos fomos um distrito, e as mudanças nos últimos 31 anos, pós emancipação, são visíveis e certamente positivas, nossa cidade cresceu muito em todos os sentidos”, pontua o prefeito Fernando de Fáveri.

Para o Chefe do Executivo, é recompensador estar à frente presenciando mais um aniversário do município. “É gratificante, é um momento ímpar, tenho muito orgulho de administrar essa cidade, estamos conseguindo realizar as ações propostas em nosso plano de governo, e promover o desenvolvimento da cidade de forma significativa”, ressalta.

Em 2021, Cocal do Sul foi a única cidade da AMREC com menos de 20 mil habitantes que faturou mais de R$ 1 bilhão de reais em notas fiscais na indústria, comércio, prestação de serviço e agricultura. Segundo o prefeito, isso mostra o quanto o município está crescendo e que o futuro será ainda melhor.

O prefeito lembra ainda das ações realizadas nos segmentos da saúde, educação, esporte e infraestrutura. “Na Saúde, vamos completar um ano da implantação do Pronto Atendimento 24 horas, do ESF Cristo Rei, dos mutirões de exames e consultas, e de forma inédita realizamos com recursos próprios o primeiro mutirão de cirurgias de alta complexidade no valor de R$ 500 mil reais”.

Em infraestrutura, o município teve o maior pacote de pavimentação da história, tanto na área rural quanto na urbana. Prova disso foi o investimento de R$ 225 milhões nas obras de duplicação da SC-108, de Urussanga a Criciúma, e contorno de anel viário de Cocal do Sul, que estão em andamento.

Já no esporte, Cocal do Sul fez investimentos e vem dando apoio às mais diversas modalidades, ampliando as competições, revitalização do antigo ginásio e a construção da Arena Multiuso com capacidade de 3,5 mil pessoas sentadas. Além da implantação dos projetos Gol do Brasil (CBF) e Correndo para Vencer (atletismo).

Na educação, Cocal do Sul foi destaque no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), obtendo entre os municípios da Amrec, o 1° lugar no Ensino Fundamental I (1° ao 5° ano) e 2° lugar no Ensino Fundamental II (6° ao 9° ano).

“Isso se deve ao investimento nos profissionais através de qualificação continuada, a reforma, ampliação e construção de novas unidades escolares também é uma ponte forte, além de merenda com qualidade, transporte com excelência e o apostilamento fazem da nossa educação uma das melhores do Brasil”, destaca o prefeito. “É possível ver em todas as áreas o forte investimento e comprometimento da municipalidade”, conclui.

Conheça um pouco sobre a história de Cocal do Sul

Com um histórico de 135 anos, o município de Cocal do Sul, teve sua colonização ligada à chegada dos primeiros colonos a muitos outros lugares do Sul Catarinense. A Vila de Cocal se formou em 1885, com a comunidade pertencente ao núcleo Accioly de Vasconcelos, nome dado em homenagem ao inspetor de terras e colonização. As primeiras famílias residentes foram Cechinel, Possamai e Smânia.

Em 2 de janeiro de 1904, Cocal do Sul passou a ser um distrito, por meio da resolução 15 da Câmara de Vereadores de Urussanga. Na década 80, o Distrito Cocal chega a um nível de crescimento e desenvolvimento acentuado. Diante de uma nova realidade, a localidade por meio de lideranças políticas ergueu a bandeira de emancipação. Tornou-se município no dia 26 de setembro de 1991. Foram cerca de 90% dos quase cinco mil votantes que compareceram às urnas para darem o sim da emancipação.

O primeiro prefeito do município foi Ítalo Rafael Zaccaron, em seguida passou a ser administrado por Jarvis Gaidzinski, José Aldo Furlan, Jarvis Gaidzinski Filho, Nilso Bortolatto, Ademir Magagnin e atualmente Fernando de Fáveri.

Por que o nome Cocal do Sul?

De início, a primeira denominação dada a localidade foi o nome Rio Cocal, que partiu dos próprios colonizadores que notaram a existência do principal rio que banha Cocal. A margem era repleta de coqueiros nativos que se espalhavam por toda a redondeza. O nome só passou a ser chamado de Cocal do Sul, porque no estado do Piauí havia uma cidade que levava a mesma denominação. Dando referência de preservação a este.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

Governo eleito indica 14 nomes que vão compor equipe do governo de transição

Publicado

em

Ouça esta matéria

Representantes do Governo do Estado e do governador eleito, Jorginho Mello, realizaram nesta segunda-feira, 7, a primeira reunião das equipes de transição. No encontro, que ocorreu no Centro Administrativo de Santa Catarina, foram anunciados os 14 nomes indicados pela futura gestão para compor o grupo, que serão publicados no Diário Oficial do Estado.

Em entrevista à imprensa, o coordenador do governo de transição, Moisés Diersmann, informou que aguardará a publicação dos nomes para, a partir desta terça-feira, 8, convocar a equipe de transição. “Neste mês de novembro, o foco está em obter as informações gerais para que, a partir de dezembro, quando começar a definição do futuro secretariado, possamos fazer as devidas conexões dentro de cada pasta”, ressalta.

Do atual Governo do Estado, integrarão a equipe de transição os secretários Paulo Eli (Fazenda), Juliano Chiodelli (Casa Civil), Luiz Antônio Dacol (Administração), Márcio Ferreira (Secretaria de Governo) e Sérgio Laguna (Procuradoria Geral do Estado). As reuniões entre os integrantes serão realizadas na sede da Defesa Civil do Estado, em Florianópolis.

Após o encontro, o secretário Paulo Eli reforçou a intenção do governador Carlos Moisés em fazer uma transição republicana e transparente. “Vamos fornecer todas as informações possíveis para que a nova gestão já venha com os dados necessários para governar a partir de 1º de janeiro”, finaliza.

Confira os nomes que farão parte do governo de transição:

Moisés Diersmann (coordenador)
Fabiano de Souza
João Marcos Tanan Sales
Ricardo Euclides Grando
César Fernando Cavalli
Pedro Augusto Schimidt de Carvalho Júnior
Karla Celina Ghisi da Luz
Gerson Luiz Schwerdt
Alba Sônia Dos Santos
Marcelo Mendes
Ivécio Pedro Felisbino Filho
Aline Ramos Fernandes
Dionice Maria Paludo
Sami de Medeiros Sartor

Continue Lendo

Política

Suplente do Avante assume vaga no Legislativo de Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

A  Câmara Municipal de Criciúma registra mudança nesta sexta-feira (4). Maria Sidnei da Costa Goulart, a Tia Cidy (Avante), acaba de assumir uma cadeira no legislativo.

Ela entra no lugar de Obadias Benones (Avante), que foi licenciado pelo período de 30 dias. Tia Cidy é a segunda suplente do partido, somou 761 votos na última eleição municipal. “E é com muita segurança que deixo a Tia Cidy vir ocupar meu lugar”, relata Obadias.

O parlamentar conta que Tia Cidy já faz um excelente trabalho na Saúde da cidade. “E tenho certeza que trará toda a sua experiência para colaborar com as atividades da nossa casa legislativa”, destaca Obadias.

A suplente agradece a oportunidade ao colega de partido. “Fui surpreendida e fiquei muito feliz, principalmente, pela oportunidade de trabalhar para suprir as demandas que observamos na Saúde do município”, prevê Tia Cidy, acrescentando que os 30 dias serão muito bem aproveitados. “Já temos três projetos para colocarmos em discussão e um deles vai beneficiar, sobretudo, as mulheres”, antecipa.

Já a presidente Roseli De Lucca (PSDB), além de fazer as honras da casa, comemora o fato de que a Câmara passará a contar com quatro mulheres parlamentares.

Continue Lendo

Política

Apoiadores de Lula tomam ruas para celebrar vitória em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Apoiadores do presidente eleito Luís Inácio Lula da Silva se reuniram no Parque Altair Guidi e na Avenida Centenário para celebrar a vitória do petista neste segundo turno das eleições.

Depois de passar em carreata pela cidade, um grupo chegou a fechar a Avenida Centenário nas proximidades do terminal central, mas o trânsito foi liberado pela PM.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2022 sulnoticias.com