Conecte-se conosco

Sem Categoria

Unesc e Sebrae realizam reunião de planejamento da Jornada Empreendedora

Publicado

em

Uma iniciativa inédita no Brasil com o objetivo de potencializar ações das instituições de Ensino Superior com foco no empreendedorismo será desenvolvida por meio de uma parceria entre a Unesc e o Sebrae Santa Catarina. O programa Jornada Empreendedora

será lançado oficialmente na Universidade no dia 6 de agosto, às 19 horas, no Auditório Ruy Hülse, e uma equipe formada por profissionais das duas instituições já trabalham no planejamento das atividades.

 Na tarde desta quarta-feira (1º/8), ocorreu uma reunião de planejamento do programa que busca implantar a cultura do empreendedorismo dentro do meio acadêmico, através do lema “Estimular, inspirar e capacitar”.

“O objetivo é de estimular que o empreendedorismo seja pauta em toda a Universidade, trazendo metodologias, eventos e programas que envolvam o assunto. Inspirar os participantes para que a comunidade tenha uma fonte de inspiração para pensar o empreendedorismo e por fim capacitar, ou seja, dar suporte para que as pessoas desenvolvam suas atividades empreendedoras”, explica o consultor do Sebrae na articulação do Jornada Empreendedora, Timóteo Farias.

De acordo com a pró-reitora Acadêmica, Indianara Reynaud Toreti, o programa envolverá todas as áreas de conhecimento da Unesc. “Ele irá auxiliar na formação de um ecossistema único na Universidade. Serão realizadas várias atividades de ensino, pesquisa e extensão voltadas para a prática do empreendedorismo”, afirma.

Compromisso

Para a assessora do Núcleo de Empreendedorismo da Unesc, Cristiane Dias, o que mais se destaca a relevância de levar o assunto para outras áreas da Unesc. “É muito importante que a temática do empreendedorismo entre em outras áreas do conhecimento da Universidade”, comenta.

A diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias da Universidade, Fernanda Sônego, o diretor de Ensino de Graduação, Marcelo Feldhaus e as assessoras pedagógicas da Unesc, Michele Gonçalves Cardoso e Daniela Silveira Arns também participaram do encontro.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Siderópolis realiza nova ação na Praça para testes da Covid-19

Publicado

em

Siderópolis

Na próxima sexta-feira, dia 2, e no sábado, dia 3, os moradores de Siderópolis, maiores de 10 anos, terão mais uma oportunidade para realizar a testagem rápida para diagnosticar a Covid-19. A ação, promovida pela Secretaria Municipal de Saúde, será realizada das 8h30min às 16h30min, nos dois dias, na Praça da Igreja Matriz, no Centro.


Para realizar o teste rápido, de forma gratuita, basta o morador apresentar o comprovante de residência e o Cartão do SUS ou CPF. Os interessados em fazer o teste não podem apresentar os sintomas da Covid-19.


Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os principais sintomas da doença são: febre, tosse e dificuldade para respirar. Alguns pacientes ainda podem apresentar: dores no corpo, coriza, congestão nasal, dor de garganta, diarreia, perda de olfato ou paladar, dor de cabeça, dor de garganta, e falta de ar.


Os moradores com sintomas de Covid-19 devem procurar o Pronto Atendimento 24 Horas, Hugo Stopazzolli. O Centro de Triagem não funcionará na sexta-feira, dia 2. Os funcionários, da estrutura montada na antiga sede da Apae, serão deslocados para a ação na Praça da Igreja Matriz.

Balanço da ação realizada em setembro Na primeira ação realizada nos dias 18 e 19 de setembro, na Praça da Matriz, foram feitos 1.195 testes para diagnóstico da Covid-19, sendo 1.143 negativos e 52 positivos. Desses 52 confirmados, somente seis moradores apresentaram o IgM, infecção ativa. Os outros 46 apontaram IgG. Ou seja, tiveram a infecção e estão curados, não apresentam mais os sintomas ou transmitem o vírus.

Continue Lendo

Sem Categoria

Mercado financeiro reduz projeção de queda da economia para 5,05%

Publicado

em

Criciúma

A previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira este ano foi ajustada de 5,11% para 5,05%. A estimativa de recuo do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – está no boletim Focus, publicação divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), com a projeção para os principais indicadores econômicos.

Para o próximo ano, a expectativa é de crescimento de 3,50%, a mesma previsão há 17 semanas consecutivas. Em 2022 e 2023, o mercado financeiro continua projetando expansão de 2,50% do PIB.

Inflação

As instituições financeiras consultadas pelo BC ajustaram a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA – a inflação oficial do país) em 1,94% para 1,99% este ano.

Para 2021, a estimativa de inflação foi mantida em 3,01%. A previsão para 2022 e 2023 também não teve alteração: 3,50% e 3,25%, respectivamente.

O cálculo para 2020 está abaixo do piso da meta de inflação que deve ser perseguida pelo Banco Central. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 4% em 2020, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior é 2,5% e o superior, 5,5%.

Para 2021, a meta é 3,75%, para 2022, 3,50%, e para 2023, 3,25%, com intervalo de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo em cada ano.

Continue Lendo

Geral

SC salta seis posições e é estado mais eficiente do país em ranking nacional

Publicado

em

Criciúma

Santa Catarina é líder em Eficiência da Máquina Pública no país. Após saltar seis posições, o estado atingiu a nota máxima neste indicador, conforme Ranking de Competitividade dos Estados, divulgado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) nesta quinta-feira, 17. A nota passou de 82,5 em 2019, para 100 neste ano. O pilar agrega índices de eficiência, custo e transparência do setor público.

Além desse indicador, a avaliação engloba um total de 10 pilares, como educação, segurança pública, inovação. No ranking geral, pelo quarto ano consecutivo, Santa Catarina está em segundo lugar, atrás apenas de São Paulo. O estado conquistou pontuação 79,5, bem acima da média brasileira (47,5) na avaliação.

“Nós enxugamos a máquina, economizamos mais de R$ 360 milhões para os cofres públicos com revisão de contratos, inovação e desburocratização de processos. Ou seja, com transparência e qualidade na gestão, sobra mais dinheiro do cidadão para áreas essenciais, como saúde, educação e infraestrutura. O resultado é que hoje somos o estado mais eficiente do país”, reforçou o governador Carlos Moisés.

Continue Lendo

Mais vistos