“Vou lutar pelo meu mandato”, afirma Daniel Freitas

Vereador Daniel Freitas (PSL) reagiu a decisão do Diretório Local do PP de brigar na justiça pelo seu mandato. Daniel trocou de partido para disputar o processo eleitoral deste ano e o PP, partido pelo qual ele foi eleito, alega infidelidade partidária para solicitar o cargo.

Em entrevista a Rádio Difusora, nesta manhã, Freitas afirmou que em respeito aos seus eleitores irá se defender para seguir exercendo o cargo. “Não se preocupo com o cargo, não sou político de carreira, mas em respeito aos mais de 3 mil eleitores que confiaram em mim eu preciso brigar por esse mandato. Não reconheço o encontro do diretório, que foi dirigido e teve inclusive a participação de interessados diretos”.

O presidente do PP, Itamar da Silva reforçou que a decisão é partidária e não pessoal. . “Sou muito amigo do vereador, mas é uma decisão partidária. Fui provocado pelo partido e não tinha como não tomar essa decisão”, ressalta.