Conecte-se conosco

Tecnologia

Fintech usa Inteligência Artificial para dar dicas aos clientes sobre prevenção ao coronavírus

Publicado

em

Mycon, fintech de consórcio 100% digital, utiliza inteligência artificial para conscientizar seus clientes

A pandemia do coronavírus, que causa a doença COVID-19, está colocando o mundo em quarentena. Em tempos de disseminação de fake news, ferramentas que tragam informação de fontes seguras tem se tornado grandes aliadas da população. Os assistentes virtuais podem ajudar com informações sobre o vírus e formas de prevenção.  

Com isso, a fintech de Consórcios Mycon, a primeira do Brasil deste segmento, 100% digital e com uso de Inteligência Artificial, entendeu que o momento é de união e reprogramou o seu assistente virtual Mycon que normalmente funciona como um “Consultor de Consórcios”, para esclarecer dúvidas sobre o novo Coronavírus e como prevenir a contaminação, de acordo com as orientações do Ministério da Saúde.

“Nesse momento de solidariedade e superação, resolvemos colaborar com a prevenção da contaminação do novo Coronavírus, reprogramando o assistente virtual Mycon para prestar esclarecimentos aos usuários usando a inteligência artificial (IA). Todas as interações realizadas, ajudam o Mycon a ir aprendendo através do aprendizado de máquina (em inglês, machine learning) para que ele possa responder as mesmas dúvidas que muitas vezes são indagadas de forma completamente diferente. Além disso, ele será uma fonte importante de dados para que possamos identificar padrões de dúvidas, em tempo real, e assim possamos respondê-las”, ressalta Marcelo Kogut , CMO do Mycon.

Além da fintech, outras empresas vem atuando fortemente sobre conscientização e educação, como é o exemplo do Google Assistente, que ao ser questionado sobre o tema fornece uma série de links de notícias sobre o vírus, mostrando os principais sites que estão falando sobre o assunto e as notícias mais recentes. 

A startup colombiana de delivery Rappi também decidiu ajudar. E, por meio do seu assistente virtual, está comunicando aos seus consumidores alguns cuidados para ajudar a conter a pandemia da Covid-19, como o uso de meios digitais de pagamento, evitando manusear cédulas ou moedas, e para assim que receber o pedido, desembalar o conteúdo e lavar as mãos.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Portabilis oferece possibilidade de prefeituras ofertarem pré-matrículas pela internet

Publicado

em

Içara

Apesar da inclusão de milhares de crianças e jovens brasileiros na Educação Básica, ainda são comuns notícias que retratam famílias em filas de espera por vagas na rede pública de ensino, em diversos locais do país. 

Pensando em resolver este problema e objetivando uma matrícula mais segura frente a atual pandemia do coronavírus, a Portabilis, de Içara, lançou o Pré-matrícula Digital . Um serviço onde todas as pré-matrículas são feitas on-line, com segurança e sem aglomeração. 

“O sistema oferece gestão e controle eficaz das vagas, por meio de dados e indicadores. Facilita ainda a busca por vagas e escolas, através do mapa de georreferenciamento. Além disso, fornece segurança e transparência com a sociedade civil e órgãos de controle”, enfatizou o CEO da empresa, Tiago de Faveri Giusti.

Com ele é possível fazer novas matrículas e rematrículas dos alunos que já estudam na rede, por meio de inscrições. Os pais, mães ou responsáveis solicitam essas vagas de forma on-line, através do link disponibilizado pelas prefeituras, sem necessidade de baixar aplicativo, basta ter acesso à internet, pode ser através de tablet, celular ou computador. 

Após as solicitações, as escolas fazem as conferências dos pedidos e efetivam as vagas. Dessa forma, eles podem agendar com cada pai, mãe ou responsável para irem nas escolas levar os documentos com hora marcada sem aglomeração e evitando filas.

Benefícios em meio a pandemia

Na Rede Municipal de Ensino de Criciúma, as matrículas e rematrículas dos estudantes aconteciam todos os anos de forma presencial. De acordo com  a coordenadora da Secretaria de Educação, Cassiana Nunes, para o ano letivo de 2021, a prioridade é o distanciamento social. “Esperamos que com o Pré-matrícula Digital, atendamos a demanda da maioria do público de nossa rede, minimizando possíveis filas nas unidades escolares. Nossa expectativa é que esta ferramenta on-line, tenha progressão e aprimoramentos para os próximos anos. Acreditamos que a tecnologia seja um recurso essencial para o desenvolvimento da cidadania, e que neste momento de pandemia, este processo é uma oportunidade a mais de garantir a oferta do ensino para todos”, ressaltou.

A ferramenta também será utilizada pela Secretaria de Educação de Içara. A coordenadora de Sistemas, Andreia Lino, acredita que pais e responsáveis, por conta das atividades não presenciais vivenciadas em 2020, adquiriram a habilidade para usar ferramentas digitais.

“Acreditamos que o processo terá uma mescla de curiosidade, aprendizado e satisfação, em virtude da rapidez na efetivação da matrícula. Para os responsáveis que não possuem acesso à tecnologia, as Unidades Escolares estão organizadas para o atendimento e orientação. Para o administrativo da Unidade Escolar, é mais um meio para aproximar tecnologia e agilidade ao trabalho cotidiano. Como em todas as etapas vivenciadas em 2020, com preocupações e adaptações, esta é mais uma ferramenta que deverá ser utilizada atualmente e assegurada para outros períodos de matrículas”, falou.

Em Santa Catarina, Criciúma, Içara, Gaspar, Mafra, Rio Negrinho,  Balneário Rincão e Balneário Camboriú adotaram o sistema. No Rio Grande do Sul, a cidade de Rio Grande também utiliza.  Cada Prefeitura disponibiliza em seu portal de acesso o link para o “Pré-Matrícula Digital”.

Continue Lendo

Tecnologia

Plataforma digital vai gerar 1 milhão de oportunidades para jovens

Publicado

em

Brasília

Empresas, sociedade civil, Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) lançaram nesta quarta-feira (28) uma iniciativa chamada Um Milhão de Oportunidades. O foco reúne adolescentes e jovens de 14 a 24 anos, em especial os que estão em situação de vulnerabilidade – como negros e pardos, indígenas, moradores de periferias urbanas e áreas rurais e pessoas com deficiência. 

A meta, segundo os idealizadores, é gerar, nos próximos dois anos, um milhão de oportunidades em quatro pilares: acesso à educação de qualidade; inclusão digital e conectividade; fomento ao empreendedorismo e protagonismo de adolescentes e jovens; e acesso ao mundo do trabalho em oportunidades de estágio, aprendiz e emprego formal.

Plataforma

Por meio de uma plataforma digital, a iniciativa pretende auxiliar adolescentes e jovens a buscar informações, por regiões, de qualidade sobre oportunidades e formação para o mundo do trabalho. 

Todas as oportunidades poderão ser acessadas no site e no aplicativo, que terão um monitoramento sobre o preenchimento efetivo de cada oportunidade pelas empresas participantes por meio de um acordo de adesão.

“ Devemos cuidar, incentivar e apoiar o ensino de todos os jovens, principalmente os que se encontram em situação de vulnerabilidade, pois neles creditamos a esperança de um Brasil mais justo e igualitário. Temos que trabalhar para garantir mais oportunidades para todos”, disse Juliana Azevedo, executivo da P&G Brasil.

Adolescentes e jovens

Com uma população de 48 milhões de pessoas entre 10 e 24 anos, o Brasil tem hoje a maior geração de adolescentes e jovens de sua história, segundo o Unicef. Um dado preocupante é que um em cada quatro adolescentes e jovens não estuda, nem trabalha. O ensino médio é a etapa com maiores índices de evasão escolar. Em 2018, mais de 458 mil adolescentes deixaram a escola.

“Diante  da pandemia da covid-19, esses números podem aumentar ainda mais. É essencial investir agora nos adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade, criando oportunidades para que se mantenham aprendendo e consigam ingressar no mundo de trabalho. Só assim será possível quebrar o ciclo de pobreza que afeta tantas famílias”, explicou Florence Bauer, representante do Unicef no Brasil.

Ainda na avaliação dos especialistas, a velocidade dos avanços tecnológicos pode aumentar ainda mais as desigualdades no Brasil, excluindo adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade e sem formação profissional. 

“Um dos efeitos da crise é que o futuro do trabalho está chegando com uma rapidez maior do que antecipado. Isso oferece riscos e oportunidades para a inserção no mercado de trabalho formal de jovens que estão se formando e começando a trajetória profissional, em especial para aqueles em situação de vulnerabilidade. Como a procura das empresas por novas competências e qualificações vai crescer, é preciso preparar a juventude para esse cenário com ações inovadoras”, disse Martin Hahn, diretor do escritório da OIT no Brasil.

Continue Lendo

Tecnologia

Centro de Inovação de Criciúma promove evento com autor do livro “De Zero a 50 Milhões”

Publicado

em

Criciúma

Fundador e CEO de uma das empresas consideradas mais inovadoras do mercado brasileiro de tecnologia, a Exact Sales, Théo Orosco narra sua história profissional no livro “De Zero a 50 Milhões – Aprendizados reais de uma trajetória empreendedora” e vai estar em um evento promovido pelo Centro de Inovação de Criciúma nesta quinta-feira (15), das 18h30 às 20h. O bate-papo virtual será mediado pela jornalista e diretora da Alfa Comunicação e Conteúdo, Andressa Fabris. 

Para participar da conversa e conhecer um pouco mais sobre o livro e os desafios enfrentados na caminhada empreendedora de Orosco, basta se inscrever gratuitamente pelo link https://exactsal.es/eventodezeroa50.

A assinatura do Centro de Inovação de Criciúma vem com o propósito de, antes mesmo de a estrutura em construção estar pronta, movimentar os empreendedores e quem tem interesse em empreender para fortalecer o ecossistema regional, afirma o presidente do comitê, Valmir Cabral da Silva Neto. “Estamos trabalhando em diversas frentes com o objetivo de criar essa sinergia entre as instituições e incentivar novos negócios inovadores, preparando o ambiente para quando o nosso centro estiver pronto”, afirma.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2020 sulnoticias.com