Brincadeiras estimulam a capacidade motora de alunos

Siderópolis

Estimular a capacidade motora, despertar o cérebro e equilibrar os movimentos. São os exercícios obtidos por meio de brincadeiras, como amarelinha, linhas sinuosas e percurso. Foi isso que a escola EEBM Jorge Bif, de Vila São Jorge fez. Os alunos do 9º ano pintaram as brincadeiras em torno da escola, durante a aula de artes. As crianças do ensino infantil adoraram a ideia e aproveitaram para brincar também.

O projeto faz parte da “Semana Nacional do Brincar”, onde diversas atividades são desenvolvidas nas escolas, como, jogos ao ar livre, recreação em parques infantis, piqueniques e reunir os pais e avós para brincar também. Todos esses passatempos tem o intuito de incentivar brincadeiras em escolas.

O prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão, parabenizou a iniciativa. “Elas estimulam as crianças a sair da rotina, fazendo com que aproveitem o dia da melhor maneira, brincando e aprendendo. São jogos que divertem e distraem os pequenos”, disse.

A secretária de Educação do município, Rosangela Rossa de Souza, comentou o quão importante são as brincadeiras que estimulam a coordenação motora. “Sabemos que ao longo da vida precisamos elevar nossa coordenação motora. Nas crianças não é diferente. Sem ela o cérebro não aprende, a motricidade não se desenvolve e a atividade simbólica fica erroneamente afetada”, destacou.

Prefeito Amigo da Criança

A criação e as brincadeiras desenvolvidas pelas escolas municipais somam pontos no Programa Prefeito Amigo da Criança, projeto aderido por Siderópolis. O programa foi criado em 1996, e busca mobilizar e apoiar tecnicamente os municípios na implementação de ações e políticas que resultem em avanços na garantia dos direitos das crianças e adolescentes.

Ao longo de seu mandato, o prefeito deve promover seminários que possibilitem o diálogo, a troca de experiências e a disseminação de conhecimentos úteis à construção ou a consolidação de políticas públicas voltadas à melhoria das condições de vida de crianças e adolescentes.

Ao final de sua gestão, serão avaliados os resultados obtidos, concedendo ao prefeito que impulsionar os avanços nas linhas de ação propostas o Reconhecimento Pleno da Fundação Abrinq de Prefeitos Amigos da Criança.