Conecte-se conosco

Polícia

Condenado homem que torturou e matou enteada

Publicado

em

Braço do Norte

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), em decisão sob a relatoria do desembargador Getúlio Corrêa, manteve nesta terça-feira (13) a condenação de um homem pelos crimes de tortura e homicídio duplamente qualificado contra sua enteada, um bebê de 10 meses de vida, em Braço do Norte. A decisão emanada do conselho de sentença do Tribunal do Júri condenou o réu à pena de 25 anos, cinco meses e 23 dias de reclusão em regime fechado.

O acusado entrou com apelação criminal em que buscava a anulação da condenação por tortura e a requalificação do crime para lesão corporal, indeferida por unanimidade pelos desembargadores. “Restou devidamente comprovado pelo conjunto probatório acostado aos autos que o réu foi o autor dos crimes de tortura e de homicídio qualificado, o qual ceifou a vida da menina, e ainda que os cometeu por motivo fútil, por estar irritado com os cuidados e com o choro da criança.

Mesmo que o réu tenha se retratado, tanto na fase judicial quanto em plenário, constata-se que o laudo pericial indicou que a criança morreu por asfixia […], o que inclusive foi relatado pela médica que fez o atendimento, além dos vários hematomas e da fratura femural”, disse em seu voto o desembargador relator. A menina foi assassinada em fevereiro de 2017, mas as torturas começaram em dezembro de 2016, segundo a denúncia do Ministério Público.

De acordo com o laudo pericial do exame cadavérico, o bebê tinha marcas de mordidas nos braços e ombros, que formaram hematomas. Além disso, a criança foi vítima de outras agressões que resultaram na fratura do fêmur esquerdo. O laudo atesta que a menina foi asfixiada de forma cruel e violenta, quando o réu estava sozinho com ela.

O homem utilizou as próprias mãos sobre a boca, o nariz e o pescoço da vítima indefesa, que estava sob sua responsabilidade. Após a morte, o homem, com 21 anos à época do crime, foi até um hospital e alegou que o óbito decorrera de engasgo acidental com iogurte. Os profissionais de saúde acionaram a polícia e o padrasto da vítima foi preso em flagrante.​

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem é condenado por feminicídio em Içara

Publicado

em

Içara

Um homem de 50 anos foi condenado a 26 anos de prisão, em sessão do júri promovida na última quinta-feira (22/10) na comarca de Içara. Segundo os autos, o crime aconteceu em fevereiro de 2019, quando o homem teria desferido contra a mulher socos, chutes e golpes violentos com instrumento contundente, que provocaram diversas lesões como trauma cranioencefálico e politraumas intensos, suficientes para a morte da vítima. A vítima não teria esboçado reação por fazer uso de medicamentos controlados.

Durante a madrugada, o homem acionou o atendimento médico de urgência e alegou que a mulher estava desacordada há muitas horas, e que teria ingerido uma grande quantidade de remédios numa suposta tentativa de suicídio. Porém, segundo os depoimentos dos socorristas, o corpo apresentava marcas de violência, além de sinais de rigidez, que indicavam que a morte havia ocorrido há mais de oito horas. Já o laudo pericial cadavérico apontou diversas lesões, fraturas em ossos, feridas no rosto, cabeça, tronco e membros, além de queimaduras de 1º grau. 

O Conselho de Sentença reconheceu como qualificadoras homicídio o emprego de meio cruel e tortura, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio. O réu foi condenado a 26 anos de reclusão, em regime inicial fechado. Cabe recurso da decisão

Continue Lendo

Polícia

Civil indicia homem por roubo armado em distribuidora

Publicado

em

Criciúma

A Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi, finalizou investigação de roubo em comércio no bairro Cidade Mineira Nova, em Criciúma.

O crime ocorreu em junho deste ano, no período noturno. Uma dupla chegou em uma motocicleta. Um dos autores ingressou armado e anunciou o assalto de forma violenta. Duas pessoas foram rendidas e obrigadas a entregar valores em dinheiro e aparelhos celulares. A dupla fugiu em seguida.

A investigação identificou o autor (20 anos) que ingressou armado no local. Em seu interrogatório, negou a autoria do crime. Foi indiciado pelo roubo majorado pelo uso de arma de fogo e concurso de pessoas. A Polícia Civil representou por medidas cautelares contra o investigado.

Continue Lendo

Polícia

Colisão Frontal deixa motorista ferido na SC 108 em Urussanga

Publicado

em

Urussanga

Um grave acidente registrado na manhã desta quinta-feira deixou duas pessoas feridas na SC 108, em Urussanga. A colisão foi registrada pouco depois das sete horas da manhã na Curva do S e envolveu dois carros. Com o impacto um dos veículos foi arremessado em um barranco às margens da rodovia.

No carro estava apenas o condutor, 29 anos, que apresentava ferimentos no rosto e na perna esquerda. Os bombeiros militares precisaram desencarcerar a vítima, já que ficou presa dentro do veículo. Na caminhonete, o condutor nada sofreu, porém a caroneira, de 52 anos, apresentou ferimento na cabeça e dores na região torácica. As vítimas foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar de Urussanga, sendo encaminhadas para o Hospital Nossa Senhora da Conceição

Com informações e fotos de Rafael Nieiro- Rádio Marconi

Continue Lendo

Mais vistos