Conecte-se conosco

Polícia

Condenado homem que torturou e matou enteada

Publicado

em

Braço do Norte

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), em decisão sob a relatoria do desembargador Getúlio Corrêa, manteve nesta terça-feira (13) a condenação de um homem pelos crimes de tortura e homicídio duplamente qualificado contra sua enteada, um bebê de 10 meses de vida, em Braço do Norte. A decisão emanada do conselho de sentença do Tribunal do Júri condenou o réu à pena de 25 anos, cinco meses e 23 dias de reclusão em regime fechado.

O acusado entrou com apelação criminal em que buscava a anulação da condenação por tortura e a requalificação do crime para lesão corporal, indeferida por unanimidade pelos desembargadores. “Restou devidamente comprovado pelo conjunto probatório acostado aos autos que o réu foi o autor dos crimes de tortura e de homicídio qualificado, o qual ceifou a vida da menina, e ainda que os cometeu por motivo fútil, por estar irritado com os cuidados e com o choro da criança.

Mesmo que o réu tenha se retratado, tanto na fase judicial quanto em plenário, constata-se que o laudo pericial indicou que a criança morreu por asfixia […], o que inclusive foi relatado pela médica que fez o atendimento, além dos vários hematomas e da fratura femural”, disse em seu voto o desembargador relator. A menina foi assassinada em fevereiro de 2017, mas as torturas começaram em dezembro de 2016, segundo a denúncia do Ministério Público.

De acordo com o laudo pericial do exame cadavérico, o bebê tinha marcas de mordidas nos braços e ombros, que formaram hematomas. Além disso, a criança foi vítima de outras agressões que resultaram na fratura do fêmur esquerdo. O laudo atesta que a menina foi asfixiada de forma cruel e violenta, quando o réu estava sozinho com ela.

O homem utilizou as próprias mãos sobre a boca, o nariz e o pescoço da vítima indefesa, que estava sob sua responsabilidade. Após a morte, o homem, com 21 anos à época do crime, foi até um hospital e alegou que o óbito decorrera de engasgo acidental com iogurte. Os profissionais de saúde acionaram a polícia e o padrasto da vítima foi preso em flagrante.​

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PM encerra festa a beira do Rincão

Publicado

em

Balneário Rincão

A Polícia Militar encerrou uma festa que estava sendo realizada na madrugada deste sábado a beira mar do Balneário Rincão. Na ocorrência a PM ainda deteve um adolescente por tráfico de drogas e apreendeu mais de 2 quilos de maconha.

Segundo as informações repassadas à Imprensa, uma guarnição fazia rondas pela orla quando percebeu uma aglomeração. Ao se aproximar do local, os envolvidos na festa tentaram fugir. Parte do grupo tentou deixa o local a pé e ao serem abordados tentaram agredir os PMs.

Durante a abordagem a PM identificou um adolescente conhecido no meio policial por tráfico. Em revista pessoal a polícia encontrou oito gramas de maconha com o suspeito. Na casa dele, a PM encontrou mais de 2 quilos de maconha.

Continue Lendo

Polícia

Suspeito de estuprar a enteada é preso pela Civil em Criciúma

Publicado

em

Criciúma

Investigadores da Polícia Civil de Criciúma prenderam um homem acusado de violência sexual. Segundo o inquérito ele teria estuprado a própria enteada. O crime teria iniciado em 2018, quando a garota tinha apenas 11 anos. O caso foi registrado em Palhoça, mas a prisão ocorreu no bairro Ana Maria, para onde o acusado se mudou.

No inquérito, os investigadores apuraram que o acusado ameaçava a menina de morte para garantir que ela não contasse a ninguém sobre o estupro. A polícia também descobriu que além de estuprar o acusado também agredia a vítima.

Detido, ele prestou depoimento e foi levado ao presídio Santa Augusta, onde vai permanecer a disposição da Justiça.

Continue Lendo

Polícia

Civil indicia homem por roubo armado em Criciúma

Publicado

em

Criciúma

A Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi, finalizou investigação de roubo armado no bairro Lote Seis, em Criciúma. O crime ocorreu em junho.

Após atrair a vítima simulando interesse em adquirir um aparelho celular, os autores anunciaram o assalto. A vítima foi amarrada com lacres e sofreu graves lesões. Após as agressões, os autores fugiram em um automóvel com placas clonadas, levando um telefone celular e valores.

A investigação policial identificou um dos autores (44 anos) envolvido no assalto. Ainda foi localizado o veículo usado no crime, sendo constatado ter sido roubado em Porto Alegre. Com o investigado ainda foi encontrado um revólver calibre .32 LR e dois simulacros de armas de fogo e algemas.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado, deferida pelo Poder Judiciário. O investigado possui histórico policial de envolvimento em roubos e extorsões. Foi encaminhado ao Presídio.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2020 sulnoticias.com