Conecte-se conosco

Polícia

Criminosos tentam aplicar golpe no Governo de Içara

Publicado

em

Ouça esta matéria
Alegando suposto acidente, golpistas pedem dinheiro para transporte de falsas vítimas

A administração municipal de Içara foi alvo de golpistas durante esta tarde de sábado. Um homem se dizendo funcionário de uma funerária de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, entrou em contato pedindo dinheiro. O objetivo era garantir o transporte para tio e sobrinha, supostamente sobreviventes de um acidente de trânsito. Por muito pouco, o bando não embolsa 800 reais.

O primeiro contato dos criminosos foi feito com o Hospital São Donato. Da instituição, o contato foi transferido para a Secretaria de Saúde, depois para a secretaria de Assistência Social e em seguida a Funcionária Sunamita Carvalho, que recebeu a incumbência de prestar o atendimento.

Do outro lado da linha um homem relatava que um acidente de trânsito havia vitimado um casal morador do bairro Cristo Rei. No mesmo acidente, a filha do casal, de sete anos, e um tio haviam sobrevivido. “Eles davam dados da cidade, nome do prefeito, de vereadores e um homem chorando, que seria o tio, pedia para depositar dinheiro porque eles não tinham como voltar. Quanto aos corpos, eles sabiam exatamente como funcionava o procedimento. Citaram o convênio com o município para o translado. Tudo muito convincente”, explica Sunamita.

Para agilizar o processo, a própria funcionária transferiu de sua conta particular o recurso. Neste momento, desconfiada resolveu checar. Ligou para o Hospital de Campo Grande, para a Santa Casa, procurou a tal funerária e em seguida acionou a Polícia Civil. “Minutos depois o policial me retornou e confirmou que era golpe, que nenhum acidente ocorrera e que a suposta vítima era uma moradora de Campo Grande. O dinheiro só não será perdido porque o gerente da Caixa conseguiu sustar a transferência. Vale de alerta, porque provavelmente, outras cidades devem ser alvo deste mesmo esquema”, conta Sunamita.

Polícia

Dupla é condenada a 50 anos de prisão por latrocínio de idoso ocorrido em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

O juízo da 1ª Vara Criminal da comarca de Criciúma condenou dois homens, de 45 e 39 anos, pelo latrocínio de um idoso de 62 anos, ocorrido em janeiro deste ano. As penas somadas alcançam 50 anos de prisão. 

Segundo a denúncia, o crime ocorreu no bairro Operária Nova, na cidade-sede da comarca, quando os dois acusados teriam aceitado realizar um programa sexual na casa da vítima. Após um desacordo sobre o pagamento do serviço e já com o intuito de subtrair bens, teriam se aproveitado de que o idoso estava de costas e o estrangulado com um fio de extensão elétrica.

A dupla fugiu do local com diversos itens subtraídos. A vítima foi abandonada com braços e pernas amarrados com fios e um cinto. Além disso, no mesmo dia, os agressores teriam vendido o celular da vítima para um casal. 

Os dois réus foram condenados por latrocínio, respectivamente, a penas de 30 anos e 20 anos de reclusão, em regime inicial fechado. O direito a recorrer em liberdade foi negado para ambos. Quanto ao casal que adquiriu o celular roubado da vítima, ambos foram condenados a um ano de reclusão, em regime aberto, e ao pagamento de 10 dias-multa, pelo crime de receptação. Cabe recurso da decisão ao TJSC

Continue Lendo

Polícia

Mulher encontrada dentro de mala era moradora do bairro Renascer

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Polícia Identificou nesta quarta-feira a mulher encontrada morta dentro de uma mala abandonada na comunidade de Rio dos Anjos em Içara. A vítima é Elizabete Guerreira da Silva. Segundo a Polícia a jovem de 26 anos era moradora do bairro Renascer em Criciúma.

Ela estava nua, com marcas de corda nos pulsos e um saco plástico na cabeça. O corpo estava dentro de uma mala que foi abandonada em um córrego e localizada por um trabalhador que atuava na limpeza do local.

Continue Lendo

Polícia

Mulher é encontrada morta dentro de mala em Içara

Publicado

em

Ouça esta matéria

Uma mulher ainda não identificada foi encontrada morta dentro de uma mala. O corpo foi localizado na manhã desta terça-feira em um córrego na comunidade de Rio dos Anjos em Içara. A Polícia foi acionada por um homem que trabalhava na limpeza do córrego. Foi ele quem encontrou o corpo.

Segundo as informações, ele estava com uma retroescavadeira limpando o local quando percebeu uma mala jogada. Ele resolveu então abrir o objeto e acabou se deparando com o corpo. A mulher tem uma tatuagem no ombro esquerdo com o nome Gilberto. A polícia agora passa a apurar o caso.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com