Conecte-se conosco

Política

Presidente quer Câmara mais próxima da população em Nova Veneza

Publicado

em

Nova Veneza

O Vereador Aroldo Frigo Junior assumiu este ano como Presidente da Câmara de Nova Veneza, segundo ele será um ano bastante produtivo e entre as ações, a partir desse mês ele estará recebendo a população em seu gabinete para saber um pouco mais dos anseios da população e das comunidades. De acordo com Aroldo, é uma forma de aproximá-los do Legislativo.

“Sua visita será bem-vinda, queremos dar uma atenção especial aos nossos munícipes, dessa forma exercendo ainda mais nosso papel de vereador em nosso município”. Convida o Presidente. Ainda de acordo com o Presidente, não precisa ser feito agendamento, apenas vir até a Câmara de Vereadores que fica localizada na Rua Natal Coral, 400 – Bairro Elisa – Nova Veneza / SC , CEP: 88865-000. O horário destinado será de segunda a sexta-feira das 8h ás 10h.

 Ouvidoria também está disponível para dúvidas, sugestões e/ou reclamações

Uma outra ferramenta que já está disponível na Câmara de Vereadores de Nova Veneza, é a Ouvidoria.  É um instrumento de comunicação entre o cidadão e a Câmara, tendo como finalidade a facilitação da participação popular, por meio de manifestações de usuários relativas às políticas e aos serviços públicos prestados sob qualquer forma ou regime no âmbito de sua estrutura interna, com vistas ao aprimoramento da gestão pública.

Também é importante destacar que o acesso à Ouvidoria na Câmara de Vereadores de Nova Veneza está disponível desde o ano 2016, porém este ano os vereadores criaram e aprovaram a Resolução 006/2019 de 05 de setembro de 2019, para se adequar à Lei Federal nº 13.460/17. Por meio da ouvidoria os cidadãos podem apresentar manifestações vinculadas à Câmara Municipal de Nova Veneza, tais como: elogios, reclamações, sugestões, bem como solicitação e denúncias.
 
Para atender a população a servidora efetiva, Daiana da Silva, irá desempenhar a função de ouvidora e, segundo ela, o papel do ouvidor é facilitar e auxiliar a comunicação entre os cidadãos e o poder legislativo. “Estou à disposição para receber, examinar e encaminhar as manifestações aos setores do legislativo que são responsáveis pela demanda apresentada. O ouvidor é a ponte entre o usuário(cidadão) e administração pública (no nosso caso a Câmara de Nova Veneza)” Destaca a servidora.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Gravação de Murialdo será retirada de programa de Michels

Publicado

em

Içara

A gravação de uma declaração do prefeito Murialdo Gastaldon (MDB) com elogios ao candidato Alex Michels será excluída do programa eleitoral do PSD. A gravação, que faz parte de uma entrevista concedida pelo prefeito antes do início do processo eleitoral, foi utilizada sem a autorização de Gastaldon.

A informação de que o áudio irá sair do ar foi repassada pelo próprio prefeito. Inicialmente a informação que chegou era de Gastaldon iria pedir judicialmente a retirada. “Mas eu conversei com eles e ela será excluída. Não fiz qualquer gravação para Programa eleitoral”, ressaltou Murialdo.

A utilização do áudio gerou indignação e acirrou o ânimo das militâncias de MDB e aliados e foi um dos temas do almoço entre o prefeito e o candidato Arnaldinho Lodetti nesta sexta-feira.

Continue Lendo

Política

Relato vota pelo prosseguimento do processo de impeachment

Publicado

em

Florianópolis

Depois de uma manifestação de mais de duas horas o deputado Kennedy Nunes, relator do processo de impeachment no Tribunal de Julgamento, proferiu seu voto pelo prosseguimento da denúncia. Em resumo ele entende que há sim indícios para admissibilidade do processo de impeachment e abertura de investigação do Governador e da vice. O processo de impeachment que está sendo avaliado neste momento questiona o crime de improbidade administrativa em função de reajuste dado aos procuradores do Estado para equiparação salarial com os procuradores da Assembleia Legislativa.

“Não estamos condenando ninguém, mas entendo que só ficará claro se houve irregularidade ou não se essa denuncia for apurada a fundo”, argumentou Nunes. Agora, se outros cinco integrantes do Tribunal seguirem o mesmo caminho, Moisés e Daniela serão afastados do Cargo ao final da sessão. O afastamento se dá por até seis meses e neste período o governo fica sob a gestão do Presidente da Assembleia Legislativa.

Continue Lendo

Política

TSE confirma protocolo para o dia da eleição

Publicado

em

Brasília

Os eleitores brasileiros vão retornar às urnas em novembro para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores e devem tomar os cuidados necessários para evitar a contaminação pela covid-19. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elaborou uma série de medidas que devem ser respeitadas nos dias do pleito para garantir a segurança em meio à pandemia do novo coronavírus. 

Os eleitores só poderão entrar nos locais de votação se estiverem usando máscaras. O uso deverá ser feito em todo o percurso, até chegar à seção eleitoral. Não será permitido se alimentar, beber ou realizar qualquer ato que exija a retirada da máscara. 

As mãos deverão ser higienizadas com álcool em gel antes e depois de votar. O produto será disponibilizado nos locais de votação. O TSE recomenda que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação. 

A distância de um metro entre as demais pessoas que estivem na sala também deverá ser mantida. Serão feitas marcações no chão com adesivos para indicar o distanciamento correto. O processo de identificação por biometria não será usado nas eleições deste ano para evitar a contaminação. 

A Justiça Eleitoral recomenda que os eleitores que estiverem com sintomas de covid-19 não devem comparecer ao local de votação. A justificativa de falta não será feita presencialmente para evitar aglomerações. Pelo aplicativo e-Título, que pode ser usado em qualquer smartphone, será possível fazer a justificativa sem sair de casa. 

Horário de votação 

O tempo da votação foi ampliado em uma hora neste ano. As seções ficarão abertas das 7h às 17h. Das 7h às 10h será mantido um horário preferencial para que pessoas com mais de 60 anos possam votar. Nas eleições passadas. a votação começava às 8h e terminava às 17h. 

Dia da votação

O TSE elaborou um passo a passo sobre a movimentação que deve ser feita pelo eleitor dentro da seção de votação. O fluxo será orientado pelos mesários. 

1 – O eleitor entrará na seção eleitoral e deverá se posicionar na frente do mesário, seguindo o distanciamento de um metro, conforme marcação no chão;

2 – Sem contato com o mesário, o eleitor vai erguer o braço e mostrar seu documento oficial com foto;

3 – O mesário vai ler o nome do eleitor em voz alta e pedir que ele confirme se a identificação está correta;

4 – O eleitor deve guardar seu documento;

5 – O eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel que será disponibilizado; 

6 – Em seguida, deverá assinar o caderno de votação com sua própria caneta.

7 – Neste momento, o eleitor receberá seu comprovante de votação;

8 – O eleitor será autorizado pelo mesário para ir até a cabine de votação;

9 – O eleitor deverá digitar o número de seus candidatos na urna eletrônica e apertar a tecla confirma após cada voto para encerrar a votação. 

10 – O eleitor deverá higienizar as mãos novamente com álcool em gel e deverá se retirar da seção eleitoral. 

Devido à pandemia de covid-19, o Congresso promulgou emenda constitucional que adiou o primeiro turno das eleições deste ano de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo turno, que seria em 25 de outubro, foi marcado para 29 de novembro.

Continue Lendo

Mais vistos