Conecte-se conosco

Tecnologia

Programa reúne startups para quatro semanas de aprendizado na Unesc

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma

Ideias que vão desde o aprimoramento de uma empresa de comercialização de convites até a softwares voltados ao auxílio de pessoas que sofram com sonambulismo, passando por projetos que envolvem as áreas da saúde e da construção, fazem parte do Programa Galápagos, iniciado nesta quarta-feira (22/1) na Unesc. A ação reúne 14 startups da região para quatro semanas de aprimoramento de negócios por meio da parceria entre a Darwin Startup, o Startup SC e o Sebrae com patrocínio e suporte da Unesc e apoio da Prefeitura de Criciúma.

O Programa reúne na Universidade ao longo destas quatro semanas de encontros grandes mentores liderados por profissionais que são referência nacional em aceleradoras de negócios. No primeiro dia de atividades quem comandou as dinâmicas e discussões foi o profissional da Darwin Startup, João Paulo Marinelli. Sob as orientações e provocações de João os participantes puderam iniciar uma imersão no que diz respeito as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças de cada negócio.

Conforme o gerente de Inovação e Empreendedorismo da Unesc, Paulo Priante, o empenho da Universidade para a realização do evento pode oportunizar um grande salto para as startups participantes. “Para além disso, ações desse tipo fortalecem o ecossistema de inovação como um todo. Desta forma toda a região sai ganhando”, comenta.

A Darwin Startup, de acordo com Paulo, traz ainda mais peso ao evento que já reúne mentores de grande nível, já que a empresa foi eleita por duas vezes consecutivas como a melhor aceleradora de empresas do país

Expectativas de aprendizado

A jovem empreendedora Verônica Luiza Martins é uma das participantes do Programa Galápagos que aposta suas fichas no aprendizado das próximas semanas. Ela, que se dedica à empresa Conviteria com Amor há quase três anos, deixa os afazeres do negócio próprio um pouco de lado nestes próximos dias para focar no aprimoramento do seu trabalho.

Verônica, formada em Engenharia Civil, usa o aprendizado conquistado na área das engenharias para criar métodos e pensamentos que ajudem no dia a dia do seu negócio próprio. “Para mim os conhecimentos da graduação, mesmo que em uma área completamente diferente, foram fundamentais na criação da Conviteria e na forma como eu penso meu trabalho, assim como os aprendizados de vivência e de mercado em si”, comenta.

A busca pelo conhecimento não é uma novidade para a empreendedora, já que ela já participou, também na Unesc, do Plano 60 dias, projeto no qual a Universidade colabora na construção de um plano de negócio focado na nova empresa. Desta vez, o objetivo é adquirir conhecimentos para evoluir cada vez mais a empresa. “Me interessei em me inscrever já na hora que soube do projeto, pois meu objetivo é realmente estar em constante evolução e esse é um grande desafio. Já percebi projetos bem diferentes do meu e áreas bastantes diversas, mas tenho a expectativa de que possamos adquirir muito conhecimento juntos”, completa.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Próspera entra no mundo dos games e lança equipe de eSports

Publicado

em

Ouça esta matéria

Em mais um passo para a universalização da marca, o Esporte Clube Próspera agora entra no mundo dos games e lança a equipe de eSports do Time da Raça. Um projeto que ainda está na fase inicial e foi nomeado como Prósperagg. Inicialmente a ideia é promover seletivas para a montagem de uma equipe do jogo Freefire.

“Percebemos que os times vinham crescentes nos jogos eletrônicos. Então decidimos trazer para o Próspera esse nosso projeto que ainda está engatinhando, mas é um projeto para o futuro. A caminhada é longa. Porém temos times como Corinthians e Flamengo em que isso já está bem consolidado”, conta o diretor de marketing do PrósperaGG, Gabriel de Oliveira Fernandes

Para o presidente do clube, Israel Rocha Alves, o Esquadrão da Raça está dando um passo importante na universalização da marca.

“Sempre buscamos aqui no Próspera ideias inovadoras. E esse projeto demonstra o perfil inovador do clube e é mais um passo na nosso proposta de universalização da marca. Mais um passo no sentindo de mostrar que somos muito mais que um clube de futebol”, ressalta.

Além de Gabriel, a equipe será coordenada por Leonardo Eduardo. A intenção é iniciar com uma equipe de Freefire. E o ‘line’ será definido em peneiras que serão realizadas em toda a região.

“Queremos dar oportunidade para o pessoal da região. Ai linkamos ao futebol. Resolvemos fazer peneiras e times que tiver potencial estar trazendo para fazer essa parceira com a gente”, explica Gabriel.

As datas das peneiras serão divulgadas nas redes sociais da equipe de e-sports. Além disso, um site está em construção para que seja feito os registros das equipes nas peneiras.

“Vamos iniciar com o Freefire porque é o que tem mais praticantes e ele é mobile de fácil acesso. Porém queremos ampliar isso no futuro com equipes de Counter Strike, FIFA, PES, Call of Dutty: Warzone, entre outros”, projeta Gabriel.

Transmissões e conteúdo divertido

Além do time de eSports, a ideia é a equipe produzir conteúdos especializados nos jogos. Além de conteúdos mais de humor no YouTube.

“Queremos algo mais de entretenimento no conteúdo para o YouTube em cima dos jogos eletrônicos. Seria mais voltado para o humor. Um conteúdo mais leve. Até para tirar um pouco o peso do profissionalismo do e-sports”, explica o diretor de marketing.

A equipe pretende, também, fazer transmissões ao vivo de partidas e dicas de jogos no YouTube e na plataforma Twitch. A ideia neste primeiro momento é fazer um chamado para as pessoas conhecerem o mercado e a equipe. “Em torno de um mês vamos iniciar as peneiras. Estamos fazendo um Preview convocando pessoas para fazer parte do mercado”, finaliza Gabriel.

Siga a equipe nas redes sociais:

Twitch- Prosperagg
Instagram- @Prospera.gg
Facebook- Próspera e-sports
Twitter- Prosperagg
YouTube- Próspera

Continue Lendo

Economia

Estado quer incentivar formação de mão de obra para o setor de tecnologia

Publicado

em

Ouça esta matéria

O governador Carlos Moisés e a diretoria da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) se reuniram na tarde desta sexta-feira, 9, para debater formas de solucionar no longo prazo a escassez de mão de obra do setor tecnológico no Estado. No encontro, o chefe do Executivo determinou a criação de um grupo de trabalho dentro do Governo do Estado para criar políticas públicas para fomentar a qualificação voltada para a tecnologia e inovação. Segundo um estudo recente, o setor tem 5,2 mil vagas abertas em Santa Catarina – e a tendência é que esse número aumente nos próximos anos.

“O ramo da tecnologia e inovação já responde por uma fatia significativa da nossa economia. Somos um dos principais polos do país e queremos ser uma referência internacional. Para isso, precisamos de mão de obra qualificada. Hoje as empresas já encontram dificuldades para preencher as suas vagas. A criação deste grupo de trabalho vai auxiliar na criação de estratégias de médio e longo prazo”, afirma Carlos Moisés.

O grupo de trabalho deve contar com a participação das secretarias de Educação, Administração, Desenvolvimento Econômico Sustentável, de Assuntos Internacionais e da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapesc).

Segundo o presidente da Acate, Iomani Engelmann, o mercado de trabalho do setor está aquecido, mesmo durante a pandemia. Por conta disso, ele reforça a importância dessa ação conjunta: “Estamos muito felizes com esse apoio do Governo do Estado nesta iniciativa para formação de mão de obra. Essas ações irão auxiliar no desenvolvimento social e econômico do estado, já que as vagas no setor de tecnologia têm salários acima da média brasileira”.

Segundo a Acate, Santa Catarina possui o quarto maior número de empresas do setor no Brasil. Em 2019, o faturamento do segmento foi de R$ 17,7 bilhões.

Continue Lendo

Economia

Série de palestras dá início ao Inova Criciúma 2021

Publicado

em

Ouça esta matéria

Especialistas na área de inovação, criatividade e empreendedorismo palestram nos próximos dias no evento Meet Up’s, promovido pelo Governo de Criciúma em parceria com as universidades da região. O objetivo dos encontros, que ocorrem de forma híbrida, é disseminar a cultura empreendedora no município e realizar o pré-lançamento do edital Inova Criciúma, que vai beneficiar os 10 melhores negócios com R$ 25 mil cada.

A primeira palestra ocorre nesta quinta-feira (8), às 19h30, na Satc, e trata sobre “Investimento para startups”. O encontro será comandado pelo CEO da Next Fit, Douglas Waltricke, e transmitido também pelo canal do YouTube do centro universitário.

“O nosso propósito é fomentar um ecossistema de inovação e empreendedorismo, que já vem sendo estimulado com diversos projetos em Criciúma, e depois lançar o nosso programa Inova 2021”, comentou diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Aldinei Potelecki.

Outro evento está agendado para o dia 22, às 19h, que será realizado na Plurall Coworking. Na oportunidade, o CEO da Deps Tecnologia, Cristoffer Medeiros, fala sobre “Como vender para grandes empresas”. O encontro também será transmitido pelo Facebook da Prefeitura de Criciúma.

Meet Up’s

A iniciativa, idealizada pelo Governo de Criciúma, além do apoio de diversos negócios, está recebendo o apoio da Plurall Coworking, Satc, Senac e Unesc. 

Inova

Criado pela Diretoria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Criciúma, o programa Inova Criciúma atua no fomento da atividade econômica e tecnológica, com foco na inovação. Também promove eventos que contribuem no desenvolvimento sustentável das atividades econômicas da cidade e executa projetos e programas estratégicos definidos pelo Poder Executivo Municipal.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com