Sindicatos e movimentos sociais realizam ato “Lula Livre”

Criciúma

Militantes de partidos de esquerda, integrantes de movimentos sociais e sindicais realizaram um ato nesta manhã em Criciúma para pedir a liberdade do ex-presidente Lula. Grupo saiu da Praça do Trabalhador, no bairro Próspera, e caminhou pela Avenida Centenário.

Com um carro de som, apitos e máscaras do ex-presidente, o grupo apŕoveitou o ato para lembrar e criticar a reforma trabalhista e as mudanças propostas na previdência.

“Nossa luta é para que os direitos do trabalhador sejam mantidos, para que os mais pobres tenham acesso a universidade. É por isso que lutamos”, lembrou o sindicalista Célio Elias.

Entre os manifestantes algumas figuras conhecidas do PT na região como o ex-prefeito de Criciúma Décio Góes.