Conecte-se conosco

Economia

Últimos dias para sacar o FGTS de contas Inativas

Publicado

em

Ouça esta matéria

Trabalhadores com saldo em contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) têm até a próxima segunda-feira (31) para fazer o saque do dinheiro. De acordo com a Caixa Econômica Federal, o prazo não será prorrogado.

Segundo balanço, a CEF pagou mais de R$ 42,8 bilhões para 25,3 milhões trabalhadores beneficiados pela Lei 13.446/2017. O valor pago até o momento equivale a 98,33% do total inicialmente disponível para saque (R$ 43,6 bilhões).

Têm direito a resgatar o dinheiro trabalhadores que pediram demissão ou foram demitidos por justa causa até 31 de dezembro de 2015. Para fazer o saque, é preciso ter em mãos carteira de trabalho e documento de identidade.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Campanha Baldissera vai reformar entidade da região

Publicado

em

Ouça esta matéria

Depois de garantir doces e brinquedos para o natal de crianças carentes de Içara, a Construtora Baldissera começou o ano com uma nova ação social. A Construtora vai selecionar, com auxílio da população, uma entidade assistencial da região. A escolhida vai ter um de seus espaços totalmente revitalizados pela empresa.

“Uma indicação pode trazer esperança para muitas pessoas!Conhece uma instituição beneficente que necessite de uma revitalização em um de seus espaços? Então acesse o Instagram @baldisseraconstrutora e clique no link da bio para fazer o cadastro da instituição que deseja ajudar. Ou acesse nosso site construtorabaldissera.com.br, leia o regulamento e faça sua indicação. Ação Esperança Renovada, é a Baldissera renovando a esperança de quem precisa.

Continue Lendo

Economia

ACII Indica oferece mais de 150 oportunidades de trabalho em Içara

Publicado

em

Ouça esta matéria
A Associação Empresarial de Içara vai potencializar a conexão de profissionais em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho com empresas interessadas nos talentos içarenses a partir desta quarta-feira, dia 27. A primeira edição do ACII Indica inicia com mais de 150 vagas disponíveis em empresas de pequeno a grande porte, mas com a perspectiva de aumentar ainda mais a oferta de empregos com adesão aberta a todas as contratantes interessadas, mesmo não associadas.

Os candidatos já podem inscrever os currículos no Banco de Talentos em www.aciicara.com.br. Quem não tem acesso a Internet, por vez, pode procurar a Acii. A entidade atende durante a semana, das 8h às 12h e das 13h às 18h, no Talismã Trade Center, no Centro da cidade. O cadastramento exige documentos pessoais e informações sobre as qualificações profissionais, além de permitir a inclusão, pela web, do currículo em formato digital.

“O nosso objetivo é contribuir com as empresas que estão em busca de colaboradores qualificados para garantir a aceleração esperada para 2021. Sabemos da dificuldade que é garantir as pessoas certas nas posições adequadas. E por isso o ACII Indica é mais do que um feirão de empregos. Esta é uma oportunidade para que todos que estão envolvidos no processo de recrutamento e seleção sejam mais assertivos”, ressalta a vice-presidente da Associação Empresarial, Tatiana Pavei da Silva.

Além do uso do Banco de Talentos, o Acii Indica terá uma semana cheia de conteúdo para os candidatos serem pontuais na busca por uma oportunidade equivalente ao perfil. Os profissionais poderão acompanhar painéis com especialistas e interagir por meio do canal da Acii no YouTube, de 1 a 4 de fevereiro (segunda a quinta-feira), a partir das 19h.

Já as empresas terão capacitações voltadas aos setores de recursos humanos, também em ambiente virtual, neste caso, com a necessidade de inscrição prévia no site da Acii. As atividades serão voltadas a preparação das equipes que farão a seleção dos candidatos – chamados também para entrevistas de 8 a 12 de fevereiro – e demais profissionais da área de gestão de pessoas.

PAINÉIS PARA CANDIDATOS (transmissão pelo YouTube da ACII)
01.fev (segunda-feira): Como estruturar seu currículo para atrair as empresas?
02.fev (terça-feira): Como aumentar suas chances de ser chamado para entrevista?
03.fev (quarta-feira): Como se destacar na entrevista de emprego?
04.fev (quinta-feira): Qual o perfil que as empresas buscam nos colaboradores?

CAPACITAÇÃO PARA GESTÃO DE PESSOAS (inscrição gratuita pelo site da ACII)
01.fev (segunda-feira): Como atrair os melhores talentos para a sua empresa?
04.fev (quinta-feira): Candidato certo, na vaga certa. Como ser mais assertivo na seleção?
08.fev (segunda-feira): Onboarding: como integrar um novo colaborador?
Continue Lendo

Economia

Siderópolis trabalha para viabilizar implantação de agroindústria de mel no município

Publicado

em

Ouça esta matéria

Com o intuito de apoiar a iniciativa de dois produtores do município, a equipe da secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Siderópolis viabilizou um encontro técnico na capital brasileira do mel, Içara, na empresa Apis Mellifera. A visita permitiu que os empreendedores pudessem conhecer o processo de beneficiamento do mel, e a partir disso adequar às instalações onde processam o alimento para poder dar início ao trâmite de adesão ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM), a fim de tirar da informalidade o mel produzido na propriedade.

De acordo com um dos idealizadores do projeto, Valdinei Rizzatti, o beneficiamento do mel era uma atividade presente nas gerações anteriores da família, que foi perdida com o passar do tempo, e há 8 anos vem sendo resgatada em sua propriedade. Diante do sucesso no recomeço com a apicultura a família resolveu apostar no mel, novamente. “Solicitamos a visita para entender melhor o processo de beneficiamento do mel, para conhecer como funciona a logística, armazenamento, fluxograma dentro da agroindústria para adequar a nossa produção”, explicou.

Atualmente Rizzatti e o cunhado, Benjamin Thomazi, são sócios e trabalham juntos em uma propriedade situada na Comunidade de São Martinho Alto, interior de Siderópolis. Em média, eles conseguem colher cerca de duas toneladas/ano de mel e esperam conquistar o mercado consumidor com a formalização do negócio. “Contamos, também, com o apoio da Epagri, agora nosso objetivo é sair da informalidade para conseguir abrir mercado”, detalha Rizzatti.

Conforme o médico veterinário, Elvys Steinheuser, responsável pelo Serviço de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal de Siderópolis, que acompanhou os agricultores no encontro, a visita é uma alternativa muito interessante, no ponto de vista da troca de experiências. “A empresa visitada já tem 40 anos de atuação, é uma oportunidade única, para entender o funcionamento e fazer todas as adequações. Dessa forma, agilizamos o processo de legalização da empresa”, esclarece.

A partir do encontro, os empreendedores já identificaram que precisam fazer adequações no pavilhão, que já iniciaram a construção. Na estrutura serão investidos cerca de 50 mil reais. A expectativa é de que a agroindústria possa estar operando ainda em 2021 e, dependendo do andamento, os agricultores até pensam em ampliar a produção através do cooperativismo ou associativismo.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com