Conecte-se conosco

Economia

Unidades da Rio Deserto entre as minas mais seguras do Brasil

Publicado

em

Ouça esta matéria

As Unidades de Extração Mina Cruz de Malta e Mina 101, das Empresas Rio Deserto, se classificaram entre as minas mais seguras do Brasil em se tratando de segurança do trabalho. A avaliação, divulgada na 391ª edição da Revista Minérios & Minerales, utilizou como critério o número de horas trabalhadas sem acidentes com afastamento. A avaliação considera na análise minas de superfície e de subsolo de todo o país.

No período de 6 de julho de 2016 a 30 de setembro de 2017, a Mina Cruz de Malta, localizada em Treviso(SC), registrou 459.003 horas sem acidentes com afastamento. O dado garantiu o 17º lugar no ranking da revista. Já a Mina 101, localizada em Içara(SC), ficou com a 22ª colocação por apresentar 30.228 horas trabalhadas sem acidentes com afastamento entre 15 de setembro e 13 de outubro de 2017. As duas unidades de extração das Empresas Rio Deserto também conquistaram o 3º e o 4º lugar, respectivamente, no ranking de investimentos em preservação ambiental. A Unidade de Extração Mina 101 também se classificou como a 5ª mina do Brasil com mais investimentos em programas de segurança.

O engenheiro e coordenador de segurança do trabalho das Empresas Rio Deserto, Jonathann Nogueira Hoffmann, destaca que se a pesquisa avaliasse apenas as minas de subsolo, que representam mais riscos, ambas as unidades das Empresas Rio Deserto estariam entre as cinco mais seguras do Brasil. “O reconhecimento mostra que estamos no caminho certo e que os processos que a empresa executa seguem as normas. Esse não é um trabalho apenas de 2017, e sim um trabalho de cinco, seis anos. É resultado do incentivo às práticas de segurança, realização do DDS (Diálogo Diário de Segurança), aplicação da NR 12, envolvimento de toda a equipe operacional, administrativa e dos demais setores. Continuaremos empenhados buscando melhorias, adequações e execução dos controles existentes para chegar na segurança total”, explica Hoffmann.

Para o engenheiro de minas e gerente da Unidade de Extração Mina 101, Fábio Vanzeloti da Rosa, o reconhecimento é fruto da excelência e da dedicação. “Estar relacionada entre grandes empresas no quesito ‘segurança’ é uma coroação pelo trabalho de toda a equipe. Todas as campanhas e programas implementados ao longo dos últimos anos geraram uma mudança de cultura em um setor que tem a imagem desgastada pela negligência do passado nas minas de carvão. As Empresas Rio Deserto mostram que a segurança é uma de suas competências organizacionais mais fortes e que estamos no caminho certo”, sublinha.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Supera Criciúma dispõe de ferramentas online para vendas e cursos digitais

Publicado

em

Ouça esta matéria

Considerada a maior ferramenta do programa Supera Criciúma, o Compre Digital do Comércio Local, possui 427 empresas ativas no cadastro. Trata-se da campanha que foi criada pela Prefeitura Municipal, no início da Covid-19, a fim de amenizar os impactos econômicos causados pelo vírus. Entre as ações que alavancam a economia local, estão ativas as parceiras com o Senac e Instituto Mix para cursos online em diversas áreas voltadas ao empreendedorismo.

O Compre Digital do Comércio Local proporciona aos comerciantes, vendas em modo online. Funcionando em parceira com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e os aplicativos Tô Pedindo e MOP, a ferramenta possui itens de alimentação, vestuário, conveniências, mercados, farmácias, lavanderias, distribuidoras de água e gás e petshop. Para os lojistas que ainda querem se cadastrar na plataforma, basta acessar o link topedindo.com.br/comprelocal/ e preencher suas informações pessoais ou da empresa.

No ano de 2020 também foram feitas por meio do Sebrae, consultorias particulares pelos Microempreendedores Individuais (MEIs) do município, na área de marketing digital, finanças e marketing. Além disso, existe o programa Talento Digital que conta com parcerias em instituições de ensino no intuito de capacitar jovens criciumenses em áreas da tecnologia. Desde o seu lançamento, mais de 850 matrículas já foram atingidas na empresa Digital Innovation One. A intenção é que essas pessoas possam adquirir uma renda extra ou até mesmo principal.

“Nos deixa feliz ver o grande número de empresas que aderiram às ações do Supera Criciúma. O Compre Digital do Comércio Local tem um destaque muito forte, porque veio lá no início da pandemia quando os comércios estavam todos fechados, continuando as vendas mesmo com as portas fechadas”, destacou o gerente da Diretoria de Desenvolvimento Econômico, Tecnológica e Inovação, acrescentando que “os cursos de capacitação também tiveram influência positiva para o empreendedorismo local e continuam ativos para aqueles que se interessarem”

Continue Lendo

Economia

Após ano de transformações, perspectiva para 2021 é de aceleração

Publicado

em

Ouça esta matéria

Parar uma empresa para repensar processos seria algo quase inimaginável até 2020, quando essa pausa foi obrigatória em muitas atividades. O período que poderia ser ocioso, por vez, foi convertido em uma oportunidade para transformações. E a agilidade alcançada em diferentes segmentos abriu margem para projetar com positividade 2021. “Tivemos um ano cheio de desafios, mas também de avanços”, lembra a presidente da Associação Empresarial de Içara, Adriana Mara de Oliveira. A avaliação da união de esforços dos últimos meses e as novas projeções foram pauta principal na reabertura do calendário de reuniões da diretoria nesta terça-feira, dia 19.
 
As projeções otimistas para 2021 são compartilhadas por unanimidade pela diretoria da Acii, formada por setores diferentes, que incluem comércio, indústrias e serviços. “Esperamos ainda mais agilidade com a digitalização que tivemos nos últimos meses”, indica a vice-presidente Jurídica da associação, Pâmela de Sá. “As pequenas empresas criaram alternativas e as grandes estão investindo”, acrescenta ainda o vice-presidente administrativo, Reginaldo Borges Fernandes. Já o vice-presidente de indústria, comércio e serviços, Joel Valentin Seldenreich, aponta as melhores taxas disponíveis no mercado para o crescimento empresarial.
 
As empresas e profissionais que conseguiram se adaptar, reduzir custos, elevar a eficiência e consequentemente aumentar o valor agregado já saíram na frente em 2021. Mas não podem estagnar. E para avançar ainda mais, a Associação Empresarial de Içara já atua na formação de uma nova agenda de ações que possam dar suporte para as empresas de Içara acelerarem ainda mais a transformação em busca de sustentabilidade, de inovações e para que também possam conquistar a ampliação do mercado.

Continue Lendo

Economia

Petrobras reajusta preço da gasolina em quase 8% nas refinarias

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Petrobras reajustou o preço médio do litro da gasolina vendida nas refinarias em R$ 0,15. O novo valor será de R$ 1,98 para as revendedoras e entrará em vigência a partir desta terça-feira (19). O preço final aos motoristas dependerá de cada posto de combustíveis, que tem suas próprias margens de lucro, além do pagamento de impostos e custos com mão de obra.

“Os preços praticados pela Petrobras têm como referência os preços de paridade de importação e, desta maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo. No ano de 2020, o preço médio da gasolina comercializada pela Petrobras atingiu mínimo de R$ 0,91 por litro”, esclareceu a companhia.

Segundo a Petrobras, dados do Global Petrol Prices, referentes ao último dia 11, indicavam que o preço médio ao consumidor de gasolina no Brasil era o 52º mais barato dentre 165 pesquisados, estando 21,6% abaixo da média de US$ 1,05 por litro.

De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito na semana entre os dias 10 e 16 de janeiro, o litro médio da gasolina comum no país custava R$ 4,572; o do diesel, R$ 3,685; o do etanol, R$ 3,202, e o botijão de 13 kg, R$ 76,50.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com