Conecte-se conosco

Variedades

Colégio Michel tenta bater recorde mundial de tampinhas de garrafas plásticas

Publicado

em

Ouça esta matéria

Michelinos iniciaram hoje a montagem de uma corrente de tampinhas plásticas arrecadadas durante todo o ano para tentar quebrar o recorde mundial de 323 mil tampinhas de uma escola da Arábia Saudita. Os estudantes do Colégio Michel arrecadaram 370 mil tampinhas aproximadamente. Todas foram separadas por cor, com a ajuda dos idosos do Asilo São Vicente de Paulo e colocadas em cordões para a montagem da corrente.

Durante todo o dia as turmas, em forma de revezamento, estão fazendo a junção dos cordões separados por cor, para com a presença de um auditor realizar a contagem e fazer os devidos registros que serão enviados ao Guinness Book.

Todos os anos o michelinos arrecadam tampinhas como parte do projeto Michel Sustentável e também ação social. A ideia de participar do record surgiu após a constatação de que a quantidade arrecadada era bem maior que a do registro do Guinness Book.
Este ano, todas as tampinhas serão vendidas e os recursos serão doados para uma família em desvantagem social.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Variedades

Nutricionista da Unesc alerta para os cuidados e dá dicas para o manuseio dos alimentos no verão

Publicado

em

Ouça esta matéria

Com as altas temperaturas nesta época do ano, os cuidados com a conservação dos alimentos precisam ser redobrados. Para isso, é fundamental saber a importância das boas práticas com os alimentos e, principalmente, o quanto elas garantem uma vida mais saudável e livre de doenças ou bactérias.

Conforme a nutricionista e professora da Unesc Alessandra Zanette Ghisi Frassetto, as Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs) podem ser evitadas com práticas simples, além de um controle adequado da ingestão. “O verão é a época mais quente do ano e na nossa região as temperaturas médias ultrapassam os 35 graus, facilmente. Com o calor, os cuidados com a higiene e a conservação dos alimentos devem ser redobrados, pois as temperaturas mais altas fazem com que os microrganismos patogênicos, àqueles que causam as Doenças transmitidas por Alimentos, se multipliquem com mais facilidade”, alerta a nutricionista.

Por isso, segundo ela, todo cuidado com a alimentação deve ser redobrado para que não haja a ingestão de alimentos contaminados que tragam riscos à saúde. “Esses cuidados devem acontecer tanto nos alimentos consumidos em casa quanto nos de fora de casa”, completa.

Dicas básicas

Lavar as mãos com água e sabão frequentemente e sempre que for preparar ou consumir alimentos, principalmente após manipular dinheiro ou usar o banheiro; utilizar sempre água potável tanto para beber quanto para o preparo e higienização dos alimentos são algumas das dicas da profissional.

“Também é importante consumir alimentos leves nos dias de calor, que sejam de fácil digestão e que ajudem na reposição de água e sais minerais perdidos na transpiração. Dê preferência a frutas, verduras e lanches naturais. Hidrate-se, beba muita água, água de coco e sucos naturais. Evite frituras, alimentos gordurosos, pois são de difícil digestão e contém elevados valores calóricos”, sugere Alessandra.

Confira mais sugestões da nutricionista para o cuidado e manuseio dos alimentos:

– Lave frutas e verduras em água limpa e faça e a desinfecção deixando-as em molho por 15 minutos em solução clorada – uma colher de sopa de água sanitária para cada um litro de água – ou conforme indicação do fabricante (sempre verificar o rótulo da água sanitária para saber pode ser usada para esta finalidade). Depois do molho enxague em água corrente para tirar todo o resíduo do cloro;

 – Mantenha os alimentos fora da “zona de perigo” (entre 5 e 60°C). Para isso, após o preparo, mantenha os alimentos refrigerados (em temperaturas entre 0 e 5°C) ou aquecidos (em temperatura acima de 60°C) para diminuir o risco da contaminação. Se depois de preparados, ficarem expostos à temperatura ambiente por mais de 30 minutos, podem oferecer riscos à sua saúde;

 – Não descongelar alimentos, principalmente carnes em temperatura ambiente. O descongelamento deve ser feito em temperatura controlada, ou seja, no refrigerador;

 – Verifique as temperaturas dos refrigeradores e dos freezers para que estejam nos níveis recomendados;

– Respeite as datas de validade dos alimentos e não consuma alimentos que estejam fora deste prazo;

 – Muito cuidado na ingestão de alimentos que levam ovo, maionese e carne, como os sanduíches, frutos do mar e laticínios. Por serem muito perecíveis representam maior risco;

– Mantenha os alimentos longe dos insetos e pragas;

– Lave e seque todos os utensílios de cozinha como pratos, talheres, tábuas de corte;

 – Separe os alimentos crus e cozidos. Utilize diferentes tábuas e utensílios para manipular alimentos crus e para os alimentos que estão prontos para o consumo;

 – Lave as latinhas de bebidas antes de abri-las.

– Beba água e/ou gelo apenas de procedência conhecida;

 – Cozinhe bem os alimentos;

– Quando for comer em bares, restaurantes e lanchonetes, verifique se os alimentos estão bem cozidos e servidos bem quentes. Observe também a higiene do estabelecimento e dos manipuladores do local. Verifique também se o local tem alvará sanitário;

Continue Lendo

Variedades

Horto Florestal Municipal fortalece o contato com a natureza em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Sentir e observar um pouco de toda vegetação que abriga a fauna silvestre criciumense, é possível para quem visita e passeia em torno do Parque Ecológico José Milanese. O parque é responsável por abrigar um dos principais espaços de preservação ambiental de Criciúma: o Horto Florestal Municipal Antônio José Tolé Guglielmi. O horto, atualmente, ajuda a desenvolver os projetos ligados à Diretoria de Meio Ambiente de Criciúma (DMACRI) nas ações de Educação Ambiental, além de florescer e estabelecer o contato com a natureza no município de Criciúma.

De acordo com a diretora de Meio Ambiente, Anequésselen Bitencourt Fortunato, os espaços que desempenham e realizam atividades de preservação ambiental, como o Horto Florestal Municipal, representam grande importância na cidade e precisam ser valorizados. “Eles representam um local de lazer, saúde e bem-estar para todos que o frequentam. Como por exemplo, desempenhando funções de Educação Ambiental, servindo de corredor ecológico para nossos animais silvestres e ajudando nas questões climáticas proporcionando a purificação do ar em nosso município”, destaca.

Preservação e projetos de Educação Ambiental


De acordo com o coordenador de Educação Ambiental da Diretoria de Meio Ambiente, Eduardo Luzzi Damassini, para o local ser preservado é realizado um trabalho com os funcionários envolvendo também a comunidade criciumense. O trabalho ajuda a preservar tanto o meio ambiente quanto cuidar de todo espaço que abriga o Horto Florestal Municipal.

“A manutenção de todo o ambiente é essencial, porque em quase todos os projetos que realizamos o horto está ligados. Basicamente, porque ele oferece um espaço ideal para o desenvolvimento dos projetos de conscientização que proporcionamos para nossos moradores”, pontua.

Conforme o coordenador, alguns dos projetos que ocorrem no horto são: o plantio de mudas nativas, trabalhos de compensação e preservação da mata nativa, oficinas de jardinagem com os clubes de mães da Afasc abrangendo em torno de 100 participantes, o recebimento das mudas nativas por meio das compensações ambientais e entre outras atividades desenvolvidas pelo órgão.

“Durante a execução dos projetos, procuramos desenvolver atividades relacionadas com leitura de apostilas e conversas sobre as técnicas de jardinagem, visitas aos setores do Horto Botânico Florestal e explicações teóricas e práticas sobre o plantio e reprodução de mudas nativas dos mais diversos tipos, dentre outras atividades. Resumindo, o horto está sempre envolvido diretamente com quase todos os projetos de Educação Ambiental da Diretoria de Meio Ambiente”, frisa.

Doação de mudas mais trilha ecológica

Ainda, de acordo com Damassini, no horto também é realizada a doação de mudas nativas para a população criciumense. Além de uma visita guiada em uma trilha ecológica pelos espaços de vegetação que compõem o Parque Ecológico José Milanese.

“A doação é somente para os moradores criciumenses, sendo permitido uma muda para cada pessoa. Caso a pessoa necessite de maiores quantidades de mudas, ela deve solicitar por meio do aplicativo Rever, justificando a sua solicitação. Já a trilha pode ser realizada por qualquer pessoa que venha conhecer e visitar todo o espaço do Horto Florestal”, completa.

Quero minha mudinha: como posso conseguir?

Para todos que desejam pegar sua muda nativa, caminhar pela trilha ecológica, participar das atividades e oficinas ou apenas conhecer o espaço, o Horto localiza-se na Rua Valdir João Gerônimo no bairro Mina União. O horário de atendimento é das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia, de segunda a sexta-feira.

Porém, se grandes grupos tiverem interesse em visitar, devem realizar o agendamento pelo aplicativo Rever ou encaminhar um e-mail para a Diretoria de Meio Ambiente, por meio do endereço [email protected] “Todos os dias, a população frequenta o local para buscar suas mudas ou até mesmo levar mudas para serem plantadas no horto, fortalecendo nossos trabalhos de preservação ajudando a florescer, ainda mais, o paisagismo de nossa cidade”, conclui o coordenador de Educação Ambiental.

Continue Lendo

Variedades

Caminhão Iluminado Cermoful Energia leva música e alegria aos bairros da cidade

Publicado

em

Ouça esta matéria

A emoção no olhar das crianças deu um tom especial para a passagem do Caminhão Iluminado Cermoful Energia, que invadiu os bairros de Morro da Fumaça na noite desta quarta-feira (22), com a música do Coral Show Criança Feliz.

Um carro da cooperativa com Papai Noel e muitas balas, garantiam o agito e a correria de famílias inteiras, que interagiam garantindo a animação da festa. Linha Anta, Linha Torrens, loteamento Graziela, Cohab, Loteamento Matilde Recco, Maccari, Ibirapuera, Bairro Naspoline e De Costa foram os que receberam a passagem do caminhão na primeira noite. “Essa ação é uma prioridade para a nossa diretoria. É a nossa forma de levar o espírito de Natal nas casas dos associados, é um pouco de alegria para as famílias neste momento tão especial, que traduz um pouco o que é o Natal”, disse o presidente Rudy Recco que participou do evento acompanhado pelo vice Marcos Paulo Bertotti e colaboradores da cooperativa. .

A caravana carregada do espírito natalino ainda vai circular nesta quinta-feira (22), na Linha Batista, Vila Rica, Planalto, Mosquiteiro, Presidente Vargas, Mosquiteiro e Demboski. E na sexta-feira (23), será a vez do bairro Bortolatto, Monte Verde, Jussara, Esperança e a área central de Morro da Fumaça

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2023 sulnoticias.com