Conecte-se conosco

Variedades

Confira a lista de vencedores da rifa da fazendinha

Publicado

em

Ouça esta matéria

A manhã desta segunda-feira (20) começou com festa na Escola Bairro Bortolotto, em Nova Veneza. Isso porque foi o dia do sorteio da famosa Rifa da Fazendinha, que viralizou durante o mês de setembro. Foram mais de 48 mil bilhetes vendidos, o que corresponde ao triplo da população da cidade de Nova Veneza. Os 15 ganhadores dos prêmios da agricultura familiar foram conhecidos através de uma live produzida diretamente da instituição.

A ideia inicial da diretora da escola, Jussara Sávio, era arrecadar uma quantia para realizar uma confraternização para as crianças. Com a repercussão nas mídias sociais, as vendas ultrapassaram as fronteiras do Brasil, contando com compradores em países como Alemanha, Austrália e França. “Não esperávamos que teríamos esta repercussão. Porque não é a primeira vez que realizamos a rifa, mas depois que viralizou com o vídeo da Câmara de Vereadores, ganhou uma proporção que nos encheu de alegria”, comenta.

Na premiação, que foi realizada no ginásio da instituição e contou com os mais de 400 alunos, a diretora encontrou, de forma criativa, uma maneira de mostrar os prêmios que eram sorteados. “Não poderíamos trazer os animais para a escola, por isso, imprimimos as imagens dos animais e produtos para representar todos os elementos que compõem a rifa e a nossa agricultura familiar”, conta Jussara.

A logística para a entrega dos prêmios vai ser feita com o apoio da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc). “Estamos seguindo todos os protocolos sanitários dos órgãos do município e estado, que estão nos orientando para que todos os ganhadores possam receber os produtos que estão na fazendinha”, comenta a diretora.

Um dos prêmios mais desejados pelos seguidores e participantes da rifa, nas redes sociais, foi a galinha choca com 12 pintinhos. O ganhador foi o empresário Edson Casteler, morador de Forquilhinha, que comprou 10 bilhetes. “Ficamos sabendo da rifa e resolvemos comprar os números para contribuir com a escola. E nem imaginava que ganharíamos a choca, porque moramos em apartamento. Agora vamos dar um jeito de receber o prêmio”, comenta o ganhador.

O prefeito Rogério Frigo exaltou a organização da escola para a realização da rifa. “Ficamos muito felizes com a repercussão que teve e com a organização da escola em fazer da rifa algo a nível nacional. Não é apenas a comunidade escolar que ganha, mas todos os moradores de Nova Veneza que estão sendo prestigiados e vistos em todo o Brasil. E a rifa ainda valorizou a nossa agricultura, que também é motivo de muito orgulho para todos nós”, pontua.

  • Prêmios e sorteados:
  • 1º – Porco
  • Margarete Mendes
  • 2º – Porco
  • Débora Cristina H. Grivot
  • 3º – Porco
  • Guilherme Tavares Cassetta
  • 4º Pato + salame + queijo
  • Yann Barros de T. Ferrari
  • 5º – Angulista + queijo + dúzia de ovos
  • Sandra Barros
  • 6º – Aquario com peixe + salame
  • João Baroni
  • 7º – tilápia de 2kg + dúzia de ovos + queijo
  • Daiane Souza
  • 8º – Galinha + meia dúzia de ovos de peru
  • Paulo Renato Peruzzo
  • 9º – 2kg de filé de tilápia + queijo + dúzia de ovos
  • Ricardo Brandão
  • 10º – Galo + galinha + salame + torresmo
  • Inês D Ronchi
  • 11º – Choca com pintinhos + dúzia de ovos + torresmo
  • Edson Casteler
  • 12º – Galo + galinha + salame + torresmo
  • Henrique Marsaro Tome
  • 13º – Galinha + duas dúzias de ovos + torresmo
  • Ilda Gava
  • 14º – Galinha + cuca grande + queijo + dúzia de ovos
  • Dilon Camilo da Silva
  • 15º – Salame + cuca grande + galinha + torresmo
  • Miguel Augusto Faraco
  • Prêmio extra: debulhador de milho
  • Israel Nazário.
Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Variedades

Museu do Imigrante recebe exposição sobre infância de Nova Veneza

Publicado

em

Ouça esta matéria

O Museu do Imigrante Cônego Miguel Giacca, de Nova Veneza, contará com uma nova exposição fotográfica a partir do próximo domingo (09). Intitulada “Viagem no Tempo, a Infância em Nova Veneza”, a exposição terá imagens sobre a infância em Nova Veneza, com fotos antigas do acervo do museu.

O acervo ficará exposto durante todo o mês de outubro, e contará com álbuns de fotografias para que os neovenezianos consigam reconhecer seus antigos amigos e eventos que aconteciam na cidade. “A ideia da exposição é fazer com que as pessoas reflitam sobre a temática e de como é ser criança em Nova Veneza. É uma exposição com imagens do passado e do presente”, pontua a secretária de Cultura, Esporte e Turismo, Carolina Ghislandi.

Mas além de conferir as fotografias, as pessoas também podem participar da exposição. “A ideia é que os cidadãos de Nova Veneza se reconheçam e que possam participar ativamente da intervenção artística que estará no Museu. Por isso, tivemos a ideia de convidar as pessoas a enviarem fotos ou vídeos de quando eram crianças, para que possamos deixar exposto na exposição”, explica a secretária.

Quem tiver interesse em participar, tem duas formas de encaminhar as suas recordações para a Secretaria de Cultura. A primeira opção é enviar os arquivos para o e-mail [email protected] e a segunda forma é diretamente no WhatsApp (48) 9 9683-6808.

Continue Lendo

Variedades

Nova rota de peregrinação brasileira deve iniciar logo no sul de SC

Publicado

em

Ouça esta matéria

nicia nesta sexta-feira pela manhã, 18/10, no espaço Oikos, zona rural de Criciúma, a caminhada experimental da mais nova rota de peregrinação do Brasil, localizada no sul de Santa Catarina. Trata-se do “Caminho Sagrado”, um circuito de sete dias com 170 km partindo de Criciúma, com pernoites em Nova Veneza, Treviso, Urussanga, Pedras Grandes, Morro da Fumaça, Içara e retornando ao ponto de partida. Além destas cidades, o trajeto ainda atravessa por Siderópolis, Treze de Maio e Forquilhinha.

Berço de dezenas de peregrinos que já fizeram o caminho de Santiago e de centenas de apreciadores de grandes caminhadas, a região sul do estado agora acolhe o circuito caminho Sagrado, que está em fase de implantação. Recentemente, houve um encontro do Conselho de Voluntários, onde as primeiras decisões foram tomadas, como a unanimidade do nome. Nesta reunião, também, foram criados grupos de trabalho e seus responsáveis: Comunicação (André, Bressan, Mhanoel e Zanete), Trajeto e parcerias (Cleiton, Humberto, Laércio, Neka e Zico), Sinalização (Beto e Robinho), Padrinhos/madrinhas (André, Neka e Mhanoel).

Uma das primeiras questões do Grupo de Voluntários, além do nome, foi a decisão do propósito do Caminho Sagrado. São eles: espiritualidade, redescoberta, reconexão e transformação. A ideia dos voluntários é usar o denso, a experiência de peregrinar, para acessar o sutil de forma leve e prazerosa. O grupo comenta que o caminho vai oferecer o que a região tem de melhor, que são suas belezas naturais, a história e a cultura, a culinária e a hospitalidade.

De acordo com o Conselho de Voluntários, como o próprio nome diz, o Caminho Sagrado não tem fins lucrativos e é mantido somente por voluntários. Tanto que está aberto para sugestões e para novos apoiadores que podem servir como “padrinho/madrinha”, cuidando do trajeto e dos peregrinos, assim como “vizinho/vizinha”, acolhendo os peregrinos que vão passar próximos às suas propriedades.

A Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela (ACACSC), com sede em Florianópolis, é a primeira entidade oficial a reconhecer e apoiar o Caminho Sagrado.

PERNOITES
Anote os dias e o locais de pernoites no caminho experimental do Conselho de Voluntários do Caminho Sagrado:

– Primeiro dia (8/10 – sexta-feira:
. Criciúma (Oikos) x Nova Veneza (Casa das Irmãs) | 17km

–  Segundo dia ( 9/10 – sábado):
. Nova Veneza x Treviso (Pousada Ferrero) | 25 km

– Terceiro dia (10/10 – domingo):
. Treviso (Pousada Ferrero) x Urussanga (Pousada Alice) | 29 km

– Quarto dia (11/10 – segunda-feira):
. Urussanga (Pousada Alice) X Pedras Grandes – Azambuja – (Pousada da Imigração) | 23 km

– Quinto dia (12/12 – terça-feira):
. Pedras Grandes (Pousada da Imigração) x Morro da Fumaça (Parati Hotel) | 30 km

– Sexto dia (13/10 – quarta-feira):
. Morro da Fumaça (Parati Hotel) X Içara (Vob Hotel) | 22 km

– Sétimo dia (14/10 – quinta-feira):
. Içara (Vob Hotel) x Criciúma (Oikos) | 24 km

Continue Lendo

Variedades

Forquilhinha promove a Heimat Show nos dias 9 e 10 de outubro

Publicado

em

Ouça esta matéria

A programação inicia no dia 9 de outubro, das 10h às 16h, com o Kinderplatz (Praça da Criança), em parceria com a CDL Forquilhinha. Às 16h, encerra o dia dedicado às crianças com a peça teatral Histórias de Pulcinella, com a Bike Teatro de Fantoches.Já às 19h, a escolha da nova corte da Heimatfest 2022, na sede do Ideal E.C., terá o tradicional “Leitão na Piscina” com música ao vivo da HeimatMusikanten, de Blumenau e apresentação o Immerfroh FolksTanzGruppe. Os ingressos estão sendo vendidos antecipadamente na secretaria do clube.

E no domingo, dia 10, às 6h, a programação inicia com “Caminhos de Forquilhinha”, uma caminhada de 22 km promovida pela academia DASFIT, com saída do Parque Ecológico São Francisco de Assis e chegada na Praça dos Imigrantes Alemães. Inscrições gratuitas e podem ser feitas pelo contato (48) 99617 3681.

Às 9h, inicia o evento Stammtisch, que faz parte da cultura germânica, é um momento para os grupos de amigos se reunirem em local público, preparando sua própria comida e bebida no local. É uma confraternização coletiva para se encontrarem, conversar, comer, beber e se divertir. O governo municipal, incluiu este evento no calendário anual de atividades. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 7 de outubro, pelo e-mail: [email protected] ou WhatsApp (48) 99108-2134.

Ainda na programação, a partir das 10h, exposição e encontro de Veículos Especiais e de Coleção. Já as 14h, Show com Heimat Musikanten e passeio gratuito de Trenzinho da Alegria, para as crianças.

E no Parque Ecológico, o restaurante Garten Haus em parceria com o Clube de Mães, promovem um Café Colonial a partir das 15 horas. As reservas devem ser feitas pelo telefone (48) 99911-1103, ao custo de R$ 40 por pessoa.
 “A HeimatShow terá uma programação simples, mas que atende diversos públicos e seguirá todos os cuidados exigidos pela vigilância sanitária. Ele marca o lançamento da HeimatFest 2022, que será realizada em abril e contará com uma programação completa”, comenta o diretor de cultura, Márcio André Eyng.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com