Conecte-se conosco

Variedades

Morro da Fumaça elabora Plano Municipal de Cultura

Publicado

em

Ouça esta matéria

A cultura de Morro da Fumaça ganhará ainda mais destaque com a elaboração do Plano Municipal. Os encaminhamentos foram dados através de um fórum realizado pelo Governo Municipal, através do Departamento de Cultura, momento em que foram escolhidos os integrantes do conselho que irão auxiliar na elaboração do documento.

A diretora de Cultura, Rosangela Pagnan Maragno, a Danda, explica que o município aderiu ao Sistema Nacional de Cultura (SNC). “Agora, em conjunto com a sociedade, iremos institucionalizar e implantar o Plano Municipal de Cultura. Um município forte se faz com a participação de todos”, salienta Danda, acrescentando que a primeira reunião do grupo acontece no dia 14 de junho, quando irão dar encaminhamento aos trabalhos. ” O Plano Municipal de Cultura, além de orientar o trabalho na cidade, deixa um importante legado ao estabelecer diretrizes, estratégias, projetos e ações culturais de curto, médio e longo prazo”, fala.

Para auxiliar na elaboração do plano, Morro da Fumaça conta com a assessoria de Harlan Mello, que orientou os participantes do Fórum de Cultura e integrantes do conselho.

A diretora de Cultura ressalta ainda que a ausência de regulamentação do Sistema Nacional de Cultura, inviabiliza os municípios de criarem os seus próprios sistemas.

O prefeito Noi Coral, também destaca a atenção dada à cultura. “Viemos preparando Morro da Fumaça em todas as áreas e a cultura é uma delas. Agora, o Departamento de Cultura, junto à sociedade, irá elaborar este plano que irá traçar as diretrizes para que nosso município cresça também neste segmento, valorizando a nossa cultura”, cita.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Variedades

Unesc lança obra com registro de mamíferos do entorno da Reserva Biológica do Aguaí

Publicado

em

Ouça esta matéria

Levar informações com linguagem acessível para alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio de Treviso e municípios vizinhos foi um dos motivadores da obra “Os Mamíferos do Entorno da Reserva Biológica Estadual do Aguaí”. O livro em versão impressa e online, é fruto de um projeto de pesquisa do Laboratório de Zoologia e Ecologia de Vertebrados (Labzev) da Universidade, com a parceria do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), do Instituto Alouatta, da Pousada Santo Antônio e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Os 500 exemplares impressos da obra serão distribuídos gratuitamente para professores do Sul catarinense e alguns deles estarão disponíveis para consulta na Biblioteca Professor Eurico Back da Unesc. O livro foi escrito pelo coordenador do curso de Ciências Biológicas e coordenador do projeto “Diversidade de Mamíferos do Entorno da Reserva Ecológica do Aguaí”, Fernando Carvalho e estudantes do curso e alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCA).

O projeto de pesquisa do Labzev iniciou em 2018, com uma amostragem de mamíferos de médio e grande porte e também de morcegos na área de entorno da Reserva do Aguaí, em Treviso. Os recursos para a realização foram provenientes de um edital da Fapesc para jovens pesquisadores. Ao longo de mais de três anos, os participantes do projeto estudaram e registraram 34 espécies de mamíferos como guaxinim, quati, cachorro-do-mato, puma, jaguatirica, furão, morcego-focinhudo, morgeco-Ipanema, tatu-galinha, gambá, lebre, macaco-prego, bugio-ruivo, paca e ouriço.

Carvalho explica que a segunda fase do projeto foi finalizada em maio de 2021, com o livro e um artigo científico publicados. Atualmente, os alunos do curso de Ciências Biológicas que participam do projeto, realizam a análise de dados coletados na pesquisa, para a interpretação de alguns padrões como atividades dos animais, horários, abundância e número de indivíduos. Dois Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) derivaram do estudo, além de três alunos desenvolvendo projetos de iniciação científica e um atuando como bolsista.

Segundo o coordenador do projeto, o livro foi a primeira publicação contendo a comunidade de mamíferos de médio e grande porte e morcegos de Treviso e será uma ferramenta para a educação ambiental. “O projeto pensado de forma acadêmica, acabou tendo desdobramentos que o levaram a atuar também na área da extensão. Sabemos que não adianta produzir conhecimento na academia se ele não for levado de forma acessível para a população. Este projeto possibilita não só a inserção da academia no ensino de Ciências e Biologia, por meio do material produzido, mas permite que comunidades no entorno conheçam os mamíferos e assim, colaborem na conservação da vida destes animais e da reserva”, afirma Carvalho.

Além de estarem no livro e no e-book, as informações sobre os mamíferos estarão em placas espalhadas ao longo da reserva e servirão para os turistas conhecerem mais sobre estes animais.

A impressão dos livros e a confecção das placas informativas foram financiadas pelo IMA. Todas as ilustrações da obra “Os Mamíferos do Entorno da Reserva Biológica Estadual do Aguaí” foram feitas pelo aluno do curso de Ciências Biológicas da Unesc, André Francisco. O livro foi escrito por Carvalho e pelos alunos da Universidade, Daniela A. S. Bôla, Beatriz R. Tramotim, André Francisco, Vicente Lenhari, Luana Biz, Karolaine Supi, Beatriz Luciano e o fundador do Instituto Alouatta, Paulo Cadallóra.

O e-book está disponível para acesso gratuito pelo link https://396f8f2c-da67-4db7-a454-f6c655c684dc.filesusr.com/ugd/3fa95b_55a9617510c4476d8f64b4b4461550a7.pdf 

Continue Lendo

Variedades

Cores e conforto: na moda, a tendência para o frio é se sentir bem

Publicado

em

Ouça esta matéria

O frio já deu as caras, mas o inverno propriamente dito começa neste mês, mais precisamente no próximo dia 21 de junho. Desde o início do outono, muito se falou sobre as tendências no mundo da moda para essa época mais gelada, que ainda deve permanecer forte nos próximos meses. Entre todas as rodas de conversa, uma coisa é certa: a aposta em cores e no conforto, já presente nas últimas estações, se mantém com força total.

Tons escuros e o ponto de luz

Que o inverno sempre combina com as cores mais escuras, todo mundo sabe. Neste ano a premissa não é diferente e, na cartela de cores, estão os tons sóbrios como o verde militar, marrom, azul e cinza, mas contrastados com tons vivos e vibrantes, como o magenta/bordo e o vermelho.

Neste cenário, conforme a gerente da Mark at Place – loja conceito no Criciúma Shopping –, Helen Moraes, a aposta no ponto de luz, ou ponto de cor, também ganha força. “A ideia é justamente acrescentar no look uma cor diferente, porque como geralmente as cores são mais escuras no inverno, esses pontos de luz se destacam nas composições. A tendência candy colours está muito em alta e pode ser usada em looks monocromáticos, aquele todo na mesma cor, ou até mesmo em acessórios que evidenciem a produção”, explica.

A tendência pode ser usada no look mais moderno e despojado (t-shirt e calça jeans) até o mais formal (blazer e calça alfaiataria). “As estampas são muito bem-vindas, com foco em algumas tendências como o xadrez e o animal print, com estampas de cobra, zebra, tigre e onça, por exemplo. Elas aparecem em camisas, vestidos, calças, saias, jaquetas e blazers”, completa Helen.

Além disso, o ponto de luz da composição pode se fazer presente, também, por meio do acessório. Principalmente no que diz respeito às bolsas, que podem mudar completamente um look preto, cinza ou de tons terrosos.

Conforto da cabeça aos pés
Tendência reforçada pelos tempos de pandemia, a busca pelo conforto continua firme e forte quando as temperaturas caem. A gerente da Mark at Place ressalta que, desde o ano passado, as lojas tem recebido cada vez mais clientes que procuram pelo tão necessário conforto, aliado à versatilidade. “Aquele look que você sai e fica o dia inteiro confortável, que compõe um estilo moderno, indo do causal até os de trabalho, no tão falado home office. Podemos destacar os tricôs e os moletons, que já estão há duas estações como os queridinhos do momento. A maioria dessas peças tem conjuntos, então você não precisa pensar muito para compor o look, fica quentinho e cheio de estilo”, ressalta.
Nos pés, as botas e tênis também seguem essa mesma linha. “As botas praticamente nunca saem de moda, sejam em modelos de cano curto, médio ou over, de salto alto, médio, baixo, tratorado, fino… Enfim, são muitas opções e sempre prontas para fazer a diferença na composição dos looks de inverno, pois podem ser usadas com vestido, calça, saia e trench-coat”, destaca Helen. Já em relação aos tênis, principalmente para ocasiões mais casuais e informais, seguem em alta os modelos chunky-sneaker (inspiração dos anos 80, com salto solado alto e mais robusto), flatforms (sola alta com solado reto), slip –on (modelo sem cadarço, com sola mais baixa), e estilo Converse (modelo da All Star com cano curto ou médio).
Continue Lendo

Variedades

Sábado de Feira do Artesanato em Siderópolis

Publicado

em

Ouça esta matéria

 Praça da Matriz em Siderópolis recebe neste sábado, dia 12 de junho, a Feira de Artesanato -Edição Dia dos Namorados. A exposição é organizada pela Prefeitura de Siderópolis, através do Departamento de Cultura e Turismo em parceria com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Siderópolis. Com início às 7h30, a ação encerrará às 15 horas.

Mais de 20 artesãos do município terão seus trabalhos de artesanato em exposição. A feira tem como intuito valorizar o trabalho com artesanato e incentivar que as atividades tenham continuidade, atraindo turistas.

“Alavancar o turismo dando incentivo para a cultura é uma das nossas metas”, afirmou o prefeito Franqui Salvaro.

Conforme o assessor de Cultura do município, Arisson Fabrício a feira será realizada cumprindo as normas sanitárias vigentes em razão da pandemia de Covid-19. Serão disponibilizados álcool gel nas mesas e haverá informativos de orientação sobre a doença.

Ao final da feira será realizado o sorteio de uma cesta com artesanatos para as pessoas que compraram peças durante a exposição.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com