Conecte-se conosco

Esportes

Desafio Unesc de Beach Tennis encerra com sucesso e envolvimento da comunidade

Publicado

em

O 2º Desafio Unesc de Beach Tennis realizado nesse fim de semana nas areias do Balneário Rincão reuniu entusiastas do esporte de toda a região. O evento, que se destacou por sua proposta inclusiva e emocionante, ofereceu uma competição acirrada entre equipes e uma variedade de entretenimento para participantes de todas as idades.

Nos dois dias de torneio, mais de 170 atletas provenientes de diversas localidades participaram da competição nas categorias Open, B, C e D, formando equipes compostas por dois homens e duas mulheres. A intensidade das disputas e a habilidade dos competidores mantiveram o público envolvido, criando um ambiente de energia contagiante.

A estrutura de 10 mil metros quadrados montada pela Universidade, próxima ao Container Food Park, foi um destaque à parte, oferecendo não apenas competições de alta qualidade, mas também um espaço de convivência para toda a família. Além das partidas de Beach Tennis, o evento proporcionou momentos de lazer e diversão para a comunidade, com dois shows imperdíveis de Dazaranha e Tiago Manzoli. 

Para os pequenos espectadores, o evento reservou um Espaço Kids, garantindo diversão e segurança. A acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida foi uma prioridade na concepção da estrutura. Os Food Trucks presentes diversificaram as opções gastronômicas, proporcionando uma experiência completa aos participantes.

 A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, expressou seu encantamento com tudo o que presenciou, enfatizando o sucesso do Desafio Unesc de Beach Tennis. “O evento foi um sucesso. Tivemos muitas pessoas compartilhando suas experiências em quadra, e vibrando junto com atletas, e confraternizando na quadra Amigos da Unesc. Fechamos o evento com o propósito para o qual se destinou plenamente atendido”, disse a reitora. 

Conforme ela, o esporte tem sido uma bandeira robusta da Universidade, especialmente nos últimos anos. “O Beach Tennis, um esporte inclusivo, consolidou-se como parte essencial de nossos calendários anuais com o Desafio Unesc. Expressamos nossa profunda gratidão a todos os apoiadores que possibilitaram a criação de uma estrutura de excelência, refletindo a qualidade que é característica da Unesc e de todas as causas que a Instituição abraça. “Entendemos que a prática do esporte contribui com o desenvolvimento econômico e social da região”, expressou a reitora.

A coordenadora geral do evento, pró-reitora de Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação e Extensão da Unesc, Gisele Coelho Lopes, destaca que cada detalhe foi preparado com dedicação para receber atletas, entusiastas do esporte, autoridades e a comunidade em geral.

“Concluímos mais um compromisso social, no qual o esporte e a saúde são bandeiras fundamentais, refletindo a essência de uma universidade comunitária. Valorizamos profundamente as pessoas, reconhecendo a educação como um elemento transversal em todos os setores da sociedade. Nos dois dias do evento, notamos a participação ativa da comunidade, dos atletas e das entidades. Essa celebração não seria possível sem a colaboração de todos esses envolvidos, incluindo os dedicados colaboradores da instituição. Compreendemos plenamente o valor de uma universidade comunitária na região”, afirmou Gisele.

Premiação

A premiação oferecida não se limitou a medalhas, pois os participantes tiveram a chance de conquistar prêmios em dinheiro, bolsas de estudo de pós-graduação e idiomas, além de diversos brindes.

A avaliação unânime dos atletas foi positiva, destacando a qualidade da estrutura e a eficiência na organização do evento. “Foi um evento muito bonito e bem prestigiado e ficamos felizes em participar. Conseguimos o pódio e com certeza estaremos aqui novamente no próximo ano”, comentou Pedro Silva da equipe Unimed, a vencedora da categoria Open.

A vencedora da categoria B, intitulada Pura Energia também foi só elogios. “Tivemos energia e garra. O ano passado já estivemos aqui e esse ano não poderia ser diferente. Estamos muito satisfeitos não só com o nosso resultado, mas com toda a estrutura par todos”, comentou Juliana de Souza. 

Emilly de Sá estreou no Desafio da Unesc com vitória na categoria C e destacou a importância do esporte, elogiando a qualidade do evento. “Não se trata apenas do campeonato. É a celebração, os espetáculos, e o cuidado que a Unesc tem com os atletas e com a população que vem prestigiar esse grande movimento”, afirmou. Para Emilly, o esporte é sinônimo de amizade, parceria e relacionamento, além, claro, de uma competição prazerosa.

Jaqueline Backes, participante pela segunda vez, elogiou a Unesc, afirmando que “a Instituição brilhou em todos os aspectos. Apesar do calor intenso, tudo foi organizado de maneira excelente. Agradecemos à Unesc por investir no esporte, que está em ascensão, criando novos laços. Este torneio foi de alta qualidade”, concluiu Jaqueline.

“Nossa equipe nunca tinha jogado em conjunto. Estamos extremamente felizes não apenas pela vitória, mas também pela impecável organização do evento”, compartilhou Eduardo Michels Zata, vencedor na categoria D e residente em Içara.

“O Desafio Unesc de Beach Tennis deixou sua marca como um evento esportivo de sucesso, integrando a comunidade e promovendo momentos inesquecíveis de esporte, lazer e confraternização”, finalizou a reitora. 

O professor de Beach Tennis João Anibal recebeu uma menção honrosa da Instituição pela mobilização no número de participantes levando 45 alunos à competição.

O Desafio foi uma realização da Unesc com apresentação da Kolina e patrocínio de Unimed; GSD Obras; Castanhel Engenharia e Construção; Sicredi Sul; Unicred; Portal Mix Eventos; Eskimó Sorvetes; JR Construção; 3T; Surf Scream; Grupo Brambila; Lob Company; Kucker Construção e Forte Atacadista. O evento conta ainda com apoio da Prefeitura de Balneário Rincão; Cooperaliança; Lan Ambulâncias e Beeon Telecom.

Shows marcaram o evento

O primeiro dia de evento foi encerrado em grande estilo com o show nacional da banda Dazaranha. A apresentação realizada na Arena Cooperaliança reuniu mais de 2.500 pessoas após o término das atividades esportivas nas nove quadras montadas no espaço.

Na plateia do Dazaranha estavam famílias inteiras, pessoas de todos os gostos e idades. Entre as mais empolgadas, nos ombros do pai, estava a menina Alice Leite Bacis, de cinco anos. De forma impressionante ela cantava as músicas com a empolgação de quem certamente cresceu até aqui ouvindo essas mesmas canções em casa. 

O pai, Rafael Bacis, de Criciúma, é fã da banda e orgulhoso confirma que Dazaranha embala a família. “Ela escuta isso em casa há muito tempo e é fã também. Está adorando”, destacou. Assim como eles, muitos pais e filhos acompanharam a apresentação em uma noite de verdadeira confraternização sadia. 

No domingo, o cantor Tiago Manzoli subiu ao palco para encerrar a segunda edição do evento que contou com a presença de mais de cinco mil pessoas.

Vencedores

Categoria Open

  • 1º lugar – Unimed – Mariana Moro; Giuliano Moro; Maria Valentina Ariano; e Pedro Silva;
  • 2º lugar – Out – Giovana Filete; João Anibal; José Ramos; e Victor Vinícius.
  • 3º lugar – Pozze – Bruna Rizzotto; Gabriel Grosman; Gabriela Duminelli; e Lucca Brocca.

Categoria B

  • 1º lugar – Pura Energia – Daniela Pagnan; Juliana de Souza; Natanael Souza; e Rafael de Souza Borba.
  • 2º lugar – Tira Petróleo – Manuela Goulart; Gabriele Zappelini; Marcelo Campos; e Leandro Viturino.
  • 3º lugar – Beach Happy – Rodrigo Sorato; Monique Barata; Luiza Zaniboni; e Fabiano Puccini.

Categoria C

  • 1º lugar – Equipe Fornasa – Vinicius Patricio Salvador; Vitor Fornasa; Emilly de Sá; e Liliane de Souza Silva;
  • 2º lugar – Inter Rincão – Jaqueline Backes; Marcel Rodrigues; Juliana Colombo Cancelier; e Felipe Candido.
  • 3º lugar – Beach Loco – Fabiana Mazzei; Avani Motta Junior; Carla Bortoloto; e Mazinho Odos.

Categoria D

  • 1º lugar – Unidos do Beach – Eduardo Michels Zata; Elizandra de Souza João; Juliana Dal Pont Graciliano; e Mário de Souza Alexandre;
  • 2º lugar – Imperadora – Andrea Da Conceição Spillere; Glauber Tolfo Ribeiro; e Andressa Matiolla; e Fernando Dias;
  • 3º lugar – Jaguaruna BT – Inês Napoli; Amanda Sartori; Eduardo Bitencourt; e Gilson Goulart.

Esportes

4° Festival de Judô será realizado em Criciúma

Publicado

em

Será realizado neste sábado (28), o 4º Festival de Judô de Criciúma. O evento reunirá 60 judocas mirins, entre 5 e 13 anos de idade, no Ginásio Municipal de Esportes Irmão Walmir Antônio Orsi. Com início marcado para as 9h e previsão de término para as 12h, a ação terá entrada franca. Todos os participantes receberão medalhas personalizadas e brindes no final.

Segundo o técnico de judô da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma, Marcio Roberto Silva, os participantes são alunos do projeto social +Esporte +Futuro, além de crianças convidadas. “O objetivo do Festival de Judô não é a competição, mas oportunizar uma experiência de confronto para os aprendizes da modalidade. Eles disputarão entre si, teremos os vencedores, mas ao final todos receberão, igualmente, medalhas de participação e brindes”, explica.

Para o presidente da FME de Criciúma, Adriano Osellame, ações como essa são importantes para fomentar o esporte na cidade. “Além das crianças que terão a oportunidade de participar de um evento de combate, com a presença de público vibrando com as disputas, os pais e familiares poderão assistir seus filhos em ação. É um momento especial de ver o que é ensinado em sala de aula em prática. Também é uma ocasião para os professores acompanharem o desenvolvimento dos alunos”, destaca.

Continue Lendo

Esportes

Tigre sofre gol em menos de um minuto e perde para o São Paulo

Publicado

em

O Criciúma lutou, buscou o empate, mas teve um resultado negativo no confronto da 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Tigre enfrentou o São Paulo na noite desta quinta-feira (27/06) no estádio do Morumbis, na capital paulista, e acabou derrotado por 2 a 1. O gol carvoeiro foi marcado por Arthur Caíke, nos minutos finais do segundo tempo.

Com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Cláudio Tencati segue com 12 pontos na Série A do Brasileiro. Agora, o Tigre terá dois confrontos em sequência no estádio Heriberto Hülse. No primeiro, o Criciúma recebe o Internacional no domingo (30/06), às 18h30min. O segundo será contra o Cruzeiro na quarta-feira (03/07), a partir das 20 horas.

A delegação inicia o retorno para o sul de Santa Catarina no final da manhã de sexta-feira (28/06). A única atividade preparatória para o confronto contra o Internacional ocorre na tarde de sábado (29/06) no Centro de Treinamento Antenor Angeloni.

Continue Lendo

Esportes

Projeto Social Parceiros da Vida disputará torneio Criciúma Kids de Futebol

Publicado

em

Os jovens do projeto comunitário Parceiros da Vida, localizado no bairro Laranjinha de Criciúma, se preparam para participar da quarta edição do Torneio de Futebol Criciúma Kids Sub-14, que será realizado no próximo domingo (30/06), na Sociedade Esportiva Recreativa Mampituba. A associação beneficente, sem fins lucrativos, com um ano de existência é uma das 18 equipes participantes da competição regional que reunirá.

Atualmente, o projeto atende cerca de 70 crianças entre seis e 14 anos de idade. O fundador do projeto Jackson Fernandes, considera o torneio um desafio significativo tanto para os atletas, quanto para a sociedade. “Participar de um campeonato de futebol de base é mais um desafio para o nosso projeto, que está em crescimento. Apesar de focarmos em educar com valores e transformar vidas por meio da disciplina e da atividade física, usamos o esporte  para promover o desenvolvimento social e apoiar os jovens da comunidade que almejam uma carreira no futebol”, enfatiza.

O campeonato é organizado pelo professor Allan Andrade, com o apoio da Fundação Municipal de Esportes (FME), de Criciúma e do Mampituba. “É uma excelente oportunidade, pois além de competirem em uma disputa bem organizada e de alto nível técnico, os atletas também integram diferentes equipes, e promovem o intercâmbio e a socialização entre os alunos das diversas escolas e projetos esportivos da nossa região. Como o evento se estenderá até o fim da tarde, será servido almoço para todas as equipes e comissões técnicas”, pontua Andrade.

Preparação intensa

O técnico voluntário e ex-jogador de futebol Carlos Henrique Prudêncio ressalta a necessidade de avaliar a resposta dos alunos durante a competição. “Somos um projeto social dedicado a apoiar as crianças. Este será o primeiro torneio em que nossa equipe participará e será crucial observar como elas se comportam. Realizamos alguns amistosos e concentramos os treinos aos sábados, pois durante a semana os integrantes estão na escola”, explica Carlos.

O amistoso realizado pela equipe no último sábado (22/06) contra o time do bairro Metropol foi uma oportunidade para identificar os ajustes finais antes da competição. “Reforçamos um pouco mais as práticas conforme o horário de aulas dos alunos. É necessário prepará-los fisicamente. Eu, como treinador, percebo que a equipe está feliz e ansiosa pelo jogo, e a competição será uma grande experiência para elas”, comenta.

“E outros jogos virão para a categoria deles, que tem entre 13 e 14 anos de idade. A partida também pode destacar alguns meninos. Apesar do objetivo do projeto Parceiros da Vida ser formar cidadãos, é possível que algumas crianças se sobressaiam pela qualidade e talento, e se tornem profissionais de sucesso”, acrescenta o técnico.

Criciúma Kids: Times e premiação 

Além do time Sub-14 do projeto Parceiros da Vida, participam da competição a Escola de Futebol Flamengo; Projeto Futuro Bola pra Frente (PFBF); Geração 010; Escolinha de Futebol Sociedade Recreativa Mampituba; AL Football Time A e B; Escola de Futebol M&S 11, todos de Criciúma. 

Também estarão presentes times de outras cidades, que inclui a Escola de Futebol J9 Soccer, de Florianópolis; Laboratório de Desenvolvimento no Futebol, de Laguna; Projeto Bom de Bola, Bom na Escola (PBBBE), do Balneário Rincão; Conselho Municipal de Esporte (CME), de Forquilhinha; Estação City, de Morro da Fumaça; Vera Cruz Futebol Clube (VCFC), de Garopaba; Galo Doido, de São Ludgero; Escola de Futebol Arena Fut, de Turvo; Escolinha Águias da Bola de Palhoça e Departamento Municipal de Esportes (DME), de São Joaquim.

A abertura está programada para às 8h na Sociedade Esportiva e Recreativa Mampituba. As equipes do primeiro ao quarto lugar serão contempladas com 18 medalhas cada, já os três primeiros colocados receberão troféus, além de reconhecimento para o artilheiro e o goleiro menos vazado. O cerimonial de entrega dos prêmios ocorrerá após o término de todos os jogos.

Todos os resultados da competição estarão disponíveis no site www.copafacil.com/criciumakids11. Para assistir as partidas, basta levar um quilo de alimento não perecível que, posteriormente, será doado a uma entidade filantrópica.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2024 sulnoticias.com