Conecte-se conosco

Geral

A administração de Içara duplica os aportes em prol da infância e da adolescência

Publicado

em

O progresso de uma cidade está intrinsecamente ligado ao fortalecimento de políticas públicas que visem o bem-estar dos mais jovens. Em Içara, nos últimos três anos, o Governo Municipal intensificou seus investimentos nesta área, conforme revelou o Comitê de Apuração do Orçamento da Criança e do Adolescente.

Considerando os recursos direcionados à Educação, Saúde e Assistência Social, destinados ao desenvolvimento da faixa etária de zero a 18 anos, a quantia per capita experimentou um aumento significativo. De R$ 3.517 em 2020, passou para R$ 4.291 em 2021, atingindo R$ 6.922 em 2022. Em outras palavras, no último ano, cada criança içarense representou um investimento de quase R$ 7 mil.

Esse cenário abrange iniciativas como as oficinas da Fundação Cultural de Içara (FCI), as escolinhas da Fundação Municipal de Esportes (FME), os projetos pedagógicos da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, os atendimentos na Atenção Básica dentro das Unidades de Saúde da Família (USFs) e as obras que promovem melhorias estruturais nestes locais, entre outras ações do Governo Municipal voltadas para a melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes.

A prefeita de Içara, Dalvania Cardoso, ressalta que essa trajetória de crescimento será mantida nos próximos anos. “Esses estudantes são os tesouros da vida dos pais e serão o futuro da nossa cidade. Oferecer uma educação de qualidade, dar a oportunidade para eles desenvolverem suas habilidades pessoais e proporcionar um desenvolvimento saudável é o nosso dever enquanto poder público. Ao ampliarmos o investimento nesta área, temos a certeza de que eles se tornarão adultos conscientes, bem formados e prontos para contribuírem com a cidade”.

Atualmente, o município conta com 14,7 mil moradores com idade entre zero e 18 anos, um número que, assim como a população geral de Içara, tem apresentado uma tendência de crescimento nos últimos anos, reforçando a importância do fortalecimento de políticas públicas para o desenvolvimento desses jovens.

“Os investimentos na infância e adolescência trazem benefícios para as pessoas, para as famílias e para a sociedade como um todo. As pessoas que recebem investimentos nessa fase da vida têm mais chances de ter sucesso na vida adulta, de serem um vetor para o desenvolvimento econômico e social do país, e de viverem de forma mais plena e feliz”, destaca o secretário de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda de Içara, Eduardo Zata.

Geral

SC: Zanin suspende normas que dispensam vacina para matrícula escolar

Publicado

em

O ministro Cristiano Zanin, do Supremo Tribunal Federal, por meio de liminar, suspendeu todas as normas e decretos de 20 municípios de Santa Catarina que dispensam a apresentação de comprovante de vacinação contra a covid-19 para matrícula de alunos na rede municipal de ensino.

Com as voltas as aulas, Zanin entendeu como sendo urgente a concessão da liminar.

Segundo o ministro, todos os brasileiros e brasileiras têm direito de conviver num ambiente sanitariamente seguro, e isso se sobrepõe a eventuais pretensões individuais de não se vacinar.

No caso de crianças e adolescentes, a necessidade de proteção está reforçada pelo ECA, que é o Estatuto da Criança e do Adolescente.

O ministro cita ainda que, no caso das vacinas contra a covid-19, já há decisões do STF que dizem ser constitucional a obrigatoriedade da vacina para crianças e adolescentes.

Entre os municípios atingidos pela decisão estão: a capital Florianópolis, Joinville, Balneário Camboriú, Criciúma, Brusque e Blumenau.

A decisão atende a pedido apresentado pelo Psol e ainda será julgada pelo plenário do STF.

Continue Lendo

Geral

Clínicas Integradas da Unesc realizam quase 178 mil atendimentos em 2023

Publicado

em

A Unesc celebrou, durante o evento do Clínicas Integradas Talk, os notáveis números de atendimentos realizados em 2023 nas Clínicas Integradas, totalizando quase 178 mil. O encontro ocorreu no auditório Ruy Hulse, reunindo colaboradores, professores, estudantes, bolsistas e coordenadores de cursos, proporcionando uma tarde de significativa troca de conhecimentos e motivação durante o evento.

A reitora Luciane Bisognin Ceretta, expressou seu desejo de que as Clínicas continuem desempenhando um trabalho notável, tanto para os colaboradores, que consideram o local o melhor para trabalhar, quanto para os que buscam atendimento, reconhecendo a excelência do serviço. Ela destacou a importância da relação com os cursos de graduação e programas inovadores.

“Nosso objetivo principal do encontro de hoje foi reforçar a importância de cada indivíduo na construção de um ambiente com atendimento excepcional para a população. Estamos unidos na busca pela excelência em benefício do bem-estar de nossa comunidade”, disse a reitora.

A pró-reitora de Ensino, Graziela Amboni, ressaltou a importância de todos conhecerem os serviços oferecidos, criando um ambiente acolhedor e promovendo avanços significativos para acadêmicos e colaboradores.

“Queremos que todos tenham um entendimento abrangente do que acontece internamente, não apenas para obterem mais conhecimento, mas para capacitá-los a orientar outras pessoas sobre onde podem encontrar assistência quando necessário”, disse Graziela.

Já a pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação da Unesc, Gisele Coelho Lopes, enfatizou a transformação evidente na sociedade ao vivenciar os serviços oferecidos pela Universidade. “É essencial compreender que cada espaço nesta Universidade desempenha um papel significativo, sendo as Clínicas um símbolo representativo da coesão e união de esforços para promover uma nobre causa: a área da saúde. O impacto positivo é visível na atenção dedicada a cada indivíduo que busca assistência, reforçando a importância crucial deste espaço na comunidade acadêmica”, mencionou.

A coordenadora das Clínicas Integradas, Carine Cardoso, ao apresentar o Manual Instrutivo do Colaborador, refletiu sobre os atendimentos realizados. “Nossa intenção, com esse encontro, é de iniciar o ano de maneira integradora, buscando continuamente a excelência no cuidado. A tarde também foi enriquecida com depoimentos inspiradores, reforçando a importância de cada indivíduo no coletivo”, sublinhou Carine.

“A abordagem inovadora para conhecer os serviços das Clínicas visou criar um momento descontraído, não apenas promovendo a integração, mas também buscando motivar os colaboradores, residentes, bolsistas, professores, coordenadores de curso e coordenadores de serviço presentes na clínica”, complementou Carine.

A condução do evento continuou com rodas de conversa sobre diversos temas.

Produção das Clínicas Integradas em 2023:

  • Serviço de Medicina: 13.092 atendimentos
  • Serviço de Odontologia: 8.435 atendimentos
  • Serviço de Enfermagem: 38.153 atendimentos
  • Serviço de Fisioterapia: 8.322 atendimentos
  • Serviço de Nutrição: 1.395 atendimentos
  • Serviço de psicologia: 7.492 atendimentos
  • Serviço de Biomedicina: 198 atendimentos
  • Farmácia escola: 50.546 atendimentos
  • Farmácia Solidária: 25.521 atendimentos
  • Valor de medicamentos doados: R$ 1.608.526,52
  • SOS: 1.352 atendimentos
  • Nupac-ST: 2.711 atendimentos
  • SERC: 6.683 atendimentos
  • CER II: 11.430 atendimentos
  • Amasf: 2.510 atendimentos.
Continue Lendo

Geral

Aulas da rede municipal de ensino retomam em Criciúma

Cerca de 22 mil alunos retornaram às 62 unidades educacionais da prefeitura nesta quinta-feira (15)

Publicado

em

A quinta-feira (15) foi marcada pelo retorno de aproximadamente 22 mil alunos às 62 unidades de ensino da rede municipal de Criciúma. De acordo com a Secretaria de Educação da Prefeitura de Criciúma, neste ano, mais de 2,5 mil novas matrículas foram realizadas, do Ensino Infantil ao Ensino Fundamental. Nas últimas semanas, os profissionais da prefeitura realizaram os últimos preparativos para o início do ano letivo de 2024. “Criciúma possui escolas referências e bons profissionais. Investimos para melhorar, cada vez mais, a educação pública municipal e fazer a diferença na vida dos nossos estudantes”, conta o prefeito Clésio Salvaro.

As equipes diretivas de todas as escolas municipais retornaram suas atividades no primeiro dia deste mês, a fim de alinhar as ações escolares, organizar e preparar os espaços de ensino para receber os alunos. “Antes mesmo de encerrar o ano letivo de 2023, nós já estávamos nos preparando para a volta às aulas de 2024, pensando, sempre, nas melhorias que podemos fazer na estrutura das escolas e em como podemos tornar a educação municipal cada vez mais eficaz”, conta o secretário municipal de Educação, Celito Cardoso.

Os profissionais da rede municipal de ensino de Criciúma passaram, ainda, por uma série de formações que abordaram temas relacionados ao ensino e às boas práticas para manter a saúde e o bem-estar dos estudantes. “A abertura do ano letivo para os profissionais ocorreu no dia 5 de fevereiro, com reuniões pedagógicas organizadas pelas equipes diretivas. Entre os dias 7 e 9 deste mês, foram ofertadas palestras e formações aos profissionais, com o objetivo de motivá-los para o ano letivo e capacitá-los sobre temas atuais, como adaptação curricular e metodologias ativas”, destaca a coordenadora pedagógica-geral da Secretaria Municipal de Educação, Gislene Sala.

Outra iniciativa adotada pelo Governo de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal de Educação, é a entrega de kits de uniformes escolares para os estudantes, contendo duas camisetas, uma bermuda ou short saia, uma calça, uma jaqueta, dois pares de meia e um par de tênis. O objetivo da iniciativa é ampliar a segurança dos estudantes por meio da identificação, além de tornar o ambiente escolar mais igualitário.

Educação de Jovens e Adultos (EJA)

As aulas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) também retornaram nesta quinta-feira, nas Escolas Municipais de Educação Básica (EMEBs) Rubens de Arruda Ramos, Profª Lili Coelho e Pe. Paulo Petruzzellis, no período noturno. Já as aulas da EJA na Escola de Educação Básica (EEB) Engº. Sebastião Toledo dos Santos (STS) ocorrem no período vespertino. Os estudantes também têm a oportunidade de cursar a EJA integrada com a Educação Profissional.

Melhorias em escolas

Durante o recesso escolar, 14 escolas receberam obras de reformas e trocas de telhado. Pensando, ainda, no bem-estar dos estudantes, a Secretaria Municipal de Educação adquiriu mobílias novas, que serão distribuídas para todas as unidades educacionais da rede municipal. “Estamos, ainda, construindo escolas, como a nova EMEB Caetano Ronchi, que terá capacidade para atender 800 estudantes no bairro São Defende e recebeu investimento de mais de R$ 15 milhões”, complementa Salvaro.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2024 sulnoticias.com